Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Casillas Espanha

6 Recordes à espera de Casillas

Com 33 anos o guarda-redes espanhol do Real Madrid, Iker Casillas continua a ser dos mais experientes e qualificados a exercer as suas funções: impedir a bola de entrar para a baliza. Mesmo depois de duas épocas algo conturbadas ao serviço do seu clube em que se viu mesmo remetido ao banco de suplentes em prol de Diego López, Casillas continua a ser a 1ª opção para o selecionador de Espanha, Vicente Del Bosque.

Internacional pela equipa A espanhola desde o ano 2000, quando tinha apenas 19 anos de idade, Casillas prepara-se para marcar presença no seu 5º Mundial de Futebol, 4º como guarda-redes titular. Há 14 anos a representar Espanha, Casillas já viveu um pouco de tudo pela sua pátria, tendo conhecido em tempos remotos uma equipa pouco produtiva e que na actualidade lidera o Ranking de Seleções FIFA, já por quase quatro anos. Isto deve-se então a um aumento exponencial da qualidade do futebol espanhol, que passou de abandonar as provas em fases precoces (como no Euro 2004 onde não ultrapassou a fase de grupos) para as vencer, sendo actualmente bi-campeã europeia e campeã mundial em título por ter vencido os europeus de 2008 e 2012 e ainda o Mundial 2010, sempre com Iker Casillas a dar a cara pela baliza.

Á parte dos títulos, foquemos-nos nos 6 Recordes que Iker Casillas pode quebrar neste Mundial, dos quais dois podem já ser batidos no jogo de estreia de Espanha com a Holanda nesta sexta-feira no Arena Fonte Nova:

Mais minutos sem sofrer golos

young casillas

Casillas, ainda jovem mas já internacional pela Espanha.

Não tendo sido batido em qualquer uma das quatro partidas das eliminatórias finais do Mundial da África do Sul, incluindo a final que foi apenas decidida no prolongamento, Casillas somou aqui 390 minutos sem sofrer, o que adicionado as 42 que passaram desde o golo do Chile ao fim da partida que fechou a fase de grupos, perfaz um total de 432 minutos sem deixar a bola entrar na baliza. Este recorde encontra-se então apenas a 85 minutos sem sofrer de Iker Casillas, tendo sido fixado nos 517 minutos por Walter Zenga, guarda-redes da Itália no Mundial de 1990.

Cinco jogos consecutivos de baliza inviolada

Nos últimos cinco jogos do Mundial 2010, Casillas impediu Portugal, Paraguai, Alemanha e Holanda de marcar. Caso esta noite, no Arena Fonte Nova, o guardião espanhol volte a impedir a Holanda de marcar juntar-se-á, ele e Espanha, o grupo restrito de seleções/guarda-redes que somaram 5 partidas consecutivas sem conceder qualquer golo, tendo este feito sido alcançado pela Itália de Walter Zenga, em 1990, e ainda pela Suíça que não sofreu qualquer golo no Mundial 2006, onde foi defendida por Pascal Zuberbühler, nem na 1ª partida em África do Sul no Mundial 2010, com Diego Benaglio na baliza.

Número total de jogos sem sofrer golos

Tendo apenas o francês, Fabien Barthez, e o inglês, Peter Shilton, conseguido manter as redes das respectivas seleções em branco pelo maior número de vezes: 10, Iker Casillas pode juntar-se a esta dupla caso Espanha consiga fazer uma boa prova visto que está apenas a três partidas de os igual, tendo actualmente já jogado 7 jogos em Mundiais em que não foi batido.

Maior número de presenças em jogos do Campeonato do Mundo

Sendo já o mais internacional espanhol, com 153 presenças em jogos pela Espanha, Iker Casillas está apenas a um jogo de igual, e dois de superar, o maior número de presenças de um atleta espanhol em fases finais do Campeonato do Mundo, pertencendo este recorde a Andoni Zubizarreta, também ele guarda-redes, que defendeu a baliza espanhola em 16 jogos de fases finais de mundiais de futebol.

2ª Vez melhor guarda-redes do Mundial

Iker Casillas e seleção espanhola a festejar a conquista do Mundial 2010.

Iker Casillas e seleção espanhola a festejar a conquista do Mundial 2010.

Depois da excelente campanha que realizou na África do Sul, Casillas foi mesmo considerado o melhor guarda-redes do Mundial 2010. Agora no Brasil, no caso de conseguir repetir as exibições que, por África e pela Liga dos Campeões da actual temporada realizou, poderá mesmo ver o seu nome, pela 2ª vez, ligado directamente ao Prémio de Melhor Guarda-Redes do Mundial, o que será então um acontecimento único em toda a história do Campeonato do Mundo de Futebol.

1º Capitão duas vezes campeão

Mais uma vez, na forma hipotética da seleção espanhola conseguir realizar uma exemplar prova, chegando mesmo ao ponto de se sagrar campeã do mundo pela segunda vez consecutiva, Casillas poderá ser o primeiro homem com a braçadeira de capitão a erguer a Taça FIFA por duas vezes, estabelecendo assim ele próprio mais um recorde.

A Espanha estreia-se então no Mundial 2014, no Brasil, nesta sexta-feira, 13 de Junho no Estádio Arena Fonte Nova diante da Holanda, com quem figura no Grupo B, juntamente com a Austrália e o Chile.

So far, maryland legislators have been kind to writing an essay intro schools

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *