Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
França

A Europa importante confronta-se hoje

França e Alemanha.

Os dois mais importantes países do Euro, e dois dos mais importantes países da União Europeia. Pelo menos por agora. Dizem que um deles é arrogante. O outro chauvinista. Quem irá vencer o confronto?

A Alemanha descobre-se, depois de ter dizimado Portugal e de o ter colocado na sua real posição, de país na cauda da Europa, como uma selecção em plena quarentena. Mais de metade do onze titular apanhou o vírus da gripe. Parece que depois de algumas tisanas, a maior parte dos jogadores acabaram por recuperar e estarão prontos para o embate com os filhos de Vichy.

O seleccionador alemão, Joachim Low, já veio garantir que a sua equipa ainda não mostrou a sua melhor versão neste Mundial. E, numa Selecção da Alemanha obrigada, pela sua história e pela ambição própria dos adeptos, dos jogadores, da equipa técnica e pelo lugar que a Alemanha ocupa no Mundo, esta selecção tem que ir, pelo menos, à final.

Por outro lado, Didier Deschamps já veio tirar pressão dos ombros de uma equipa que até tem surpreendido neste Mundial, dizendo que não se pode exigir muito a uma selecção que ainda há pouco tempo andava pelas ruas da amargura, com uma campanha nula em 2010, no Campeonato do Mundo da África do Sul, e depois, com uma fase de apuramento para este Mundial muito complicada. Tudo o que vier já é lucro. Aliás, ao estarem nos quartos-de-final, para os Bleus, já é lucro. Ninguém esperaria que aqui chegassem.

Então, e em resumo, Joachim Low e Didier estão de acordo. A Alemanha é melhor equipa, e é que está em melhores condições de vencer o jogo e caminhar em direcção ao título. Mas garante Deschamps que a Selecção de França não vai entrar em campo derrotada. Não, isso não. A Alemanha é que é a favorita, só isso.

Didier Deschamps

Didier Deschamps é o grande responsável pela recuperação da selecção francesa

Por outro lado, e a imprensa germânica faz eco disso, a Selecção da Alemanha tem vindo a decrescer de qualidade de jogo desde a goleada imposta a, reconhece-se agora, uma débil selecção portuguesa. Desde as enormes dificuldades que a selecção alemã demonstrou para conseguir levar de vencida uma aguerrida Selecção da Argélia, que a equipa de Joachil Low e ele próprio estão na mira das críticas, vindo, principalmente, do seu país. Mas é preciso não esquecer que Joachim Low levou a selecção alemã ao terceiro lugar no Campeonato do Mundo de 2010, na África do Sul, e às meias-finais no Campeonato da Europa de 2012, na Polónia-Ucrânia.

Este vai ser um jogo histórico, por colocar, pela primeira vez em confronto, num Mundial, as selecções da Alemanha e da França. As três vezes anteriores que se encontraram, a Alemanha com que a França se debateu, ainda era a Alemanha Federal. A França ganhou um jogo, e a Alemanha Federal ganhou dois.

Hoje, às 17:00′ de Portugal continental, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, alemães e franceses vão mostrar quem é o melhor para seguir em frente neste Campeonato do Mundo que está fantástico.

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *