Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Oscar Ramires Brasil

A redenção de Óscar

À primeira vista, o homem do jogo inaugural foi Neymar. Os dois golos marcados na estreia e a liberdade de movimento em campo deram-lhe uma visibilidade merecida. Mas numa análise mais detalhada é Oscar que emerge como melhor em campo, e os números do médio brasileiro não mentem.

Fazer tudo bem

Ainda no início da semana Luiz Felipe Scolari se irritou com as insistentes perguntas dos jornalistas. Como disse nessa altura, não importa o que A ou B pensam, é ao Sargentão que pagam tomar as decisões. Oscar tem sido uma das escolhas mais questionadas pelos media brasileiros, começando pelo menor aproveitamento que teve esta época no Chelsea. No esquema de Scolari, Oscar foi obrigado a encostar à direita, para libertar Neymar, e a adaptação a esse posicionamento valeu-lhe muitas críticas durante a preparação para o Campeonato do Mundo. Pouca presença em jogo era uma das referências mais frequentes. Como se não bastasse, no banco estão dois enormes talentos – Willian e Bernard – ansiosos por mostrar serviço. Contudo, o camisa 11 diz que nunca se sentiu pressionado. Scolari sempre acreditou nele e isso basta-lhe. À primeira oportunidade, Oscar recompensou a confiança recebida. Destacou-se pela inteligência e bom toque de bola mas, sobretudo, pela disponibilidade para correr, trabalhar e se sacrificar fisicamente pela equipa. José Mourinho deve estar satisfeito. Esteve envolvido nos três golos do Brasil – roubou a bola e fez o passe para Neymar, no primeiro; entregou a bola a Fred, antes do penálti, no segundo; com um biqueiro à Romário marcou o terceiro. Segundo a Footstats, ninguém driblou mais (7) ou fez maior número de cruzamentos (11). Nem Neymar. Foi também essencial na manobra defensiva do Brasil já que conseguiu mais desarmes (7) que o próprio Luiz Gustavo.

Felipão é que sabe

Scolari tinha todas as razões para se desfazer em elogios ao jogador, no final do encontro. “Ele é o filho que qualquer pai gostaria de ter”. Neymar foi considerado homem do jogo mas Oscar merecia o título de MVP – jogador mais valioso – pela importância que teve em todos os momentos do jogo. Felipão aproveitou ainda para mandar a alfinetada aos jornalistas descrentes. Ele sempre acreditou que o menino não tinha desaprendido e ia aparecer. E valeu a pena.

Beim fliegen bewegen sie sehr rasch ihre flügel, hausarbeithilfe.com sie flattern

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *