Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
didier deschamps

A Violência dos Hondurenhos

As Honduras estão no Grupo E, na companhia de Equador, Suíça e França, esta última que se estreia no próximo dia 15 de junho às 20h00 de Portugal Continental, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, frente precisamente à selecção das Honduras. Em termos de mundiais a Selecção Francesa tem mais participações e experiência em campeonatos do mundo que a selecção Hondurenha, contudo, não é por esse motivo que os Hondurenhos se vão envergonhar frente à Selecção Francesa e deixar a França levar de vencida este jogo.

As Honduras é uma equipa muito física, como foi visto no jogo contra a  Selecção da Inglaterra que acabou num empate sem golos. Frente aos Ingleses, as Honduras voltaram a sentir que poderão fazer algo de importante neste Mundial do Brasil.

Já a Selecção Francesa, foi vencedora do campeonato do mundo em 1998, finalista em 2006, terceira em 1958 e 1986 e conseguiu ainda um honroso quarto lugar em 1982. A selecção das Honduras em 1982 não passou da fase de grupos, em 2010 repetiu a façanha e está no mundial de 2014 com com o objectivo de passar às eliminatórias seguintes. 

Roger Espinoza

Roger Espinoza

A Selecção das Honduras não gostou nada dos comentários proferidos pelo seleccionador e ex-jogador da Selecção Francesa, Didier Deschamps, que numa conferência de imprensa manifestou o seu desagrado pelo comportamento agressivo dos jogadores das Honduras no seu último amigável antes do Mundial frente à Inglaterra, dizendo mesmo, que esta selecção tem um espírito exageradamente combativo. Didier Deschamps ainda enalteceu outras qualidades da equipa Hondurenha, dizendo mesmo, que a selecção Bicolor, está bem organizada no seu esquema táctico de 4-4-2, com jogadores muito ofensivos.

A expectativa do treinador dos Les Bleus é que a França consiga tirar proveito dos seus dois avançados, que são muito altos e tirarão partido dessa altura para fazerem a diferença. Em relação à agressividade, Deschamps não está muito preocupado, chegando mesmo a referir que os árbitros do Mundial deverão ser rigorosos e que as equipas serão punidas pela agressividade – “Depois de uma circular que a FIFA mandou para todas as equipas sobre arbitragem e violência, não me vou preocupar com isso. Se eles passarem da linha, vão ser punidos, assim como nós”, completou.

O defesa das Honduras, Roger Espinoza, não se conteve e quando surgiu oportunidade, respondeu dizendo que Inglaterra e Honduras são dois países que jogam um futebol muito físico, mas que só falam das Honduras por ser um país mais pequeno.

We admit the nga was http://collegepapers.co.uk/ not involved , said washington gov

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *