Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Treino Alemanha

Alemanha muda, mas não muito

A precisar de vencer para garantir a vitória no seu grupo, a Alemanha promete não ficar satisfeita com o empate frente aos Estados Unidos. As duas equipas até podem garantir o apuramento caso empatem a partida, mas quer Joachim Low, quer Jurgen Klinsmann preparam-se para procurar a vitória, num duelo entre amigos, mas, sobretudo, entre dois apaixonados pelo futebol.

Joachim Low ficou um pouco agastado com as reações depois do empate frente ao Gana, onde a Alemanha sentiu claras dificuldades para competir. Depois de tudo ter corrido às mil maravilhas frente a Portugal, um dia menos bom não fará o treinador mudar de ideias. “Houve quem pensasse que o Lahm tinha feito um jogo perfeito frente a Portugal e me deu os parabéns por o utilizar no meio-campo, e agora, depois do jogo do Gana, quer que eu volte atrás. Para um treinador a vida não é fácil, mas eu sei que não podemos atirar tudo pela janela só por causa de um jogo menos bom”.

Para Low, é certo, “a opinião pública não vai mudar aquilo que penso”. Já Hansi Flick havia reforçado a presença de Lahm no meio-campo. “Consideramos que o trabalho do Philipp no meio-campo nos oferece mais estabilidade, pelo que não é uma opção fazê-lo recuar para lateral”.

Quem acompanhará Lahm?

Com o capitão certo no meio-campo, a dúvida prende-se em quem o acompanhará, visto que os alemães têm utilizado dois jogadores para fazer a ligação entre setores na equipa. Sami Khedira revelou algumas dificuldades físicas na última partida, tendo parecido esgotado a certo momento, e vê perigar a sua titularidade, numa altura em que os germânicos, apesar de tudo, começam também já a pensar nos oitavos-de-final. Outro dos jogadores que também está em dúvida é Jerome Boateng, que apresentava um problema muscular no início da semana.

Para Hansi Flick, “os treinos que nos restam serão essenciais para avaliar as condições dos lesionados. Frente ao Gana, sentimos algumas dificuldades físicas no decorrer do encontro e queremos entrar com a melhor equipa possível para defrontar os Estados Unidos”. Bastian Schweinsteiger é um forte candidato a ocupar o lugar junto de Lahm, depois de ter entrado muito bem no jogo frente aos africanos.

Thomas Muller tem objetivos

Quem também está em dúvida para este encontro é Thomas Muller, depois do largo corte que sofreu na testa, estando Miroslav Klose de prevenção. O jogador, no entanto, não deixa de revelar a sua vontade de cumprir objetivos no Mundial. “Sim, já tenho uma Bota de Ouro e sei que poderei conseguir uma segunda neste campeonato, mas para mim, há um troféu mais importante” – disse o avançado do Bayern Munique – “eu quero ser campeão do mundo!”

O jogador referiu-se à sua lesão como sendo “não tão má quanto possa parecer”, tendo ainda deixado a receita para o confronto com os americanos. “Sofrer menos golos do que aqueles que conseguirmos marcar e avançar, sem problemas, para a fase seguinte”. O ambiente de confiança parece reinar na seleção alemã e entre os germânicos todos esperam mesmo conseguir uma vitória frente à equipa treinada pelo compatriota.

Should you want to spin ue boom around to hide its controls, you have as minimalist of trymobilespy.com/top-5-mobile-spy-applications-infographic/ a speaker as such things get even simpler than the highly comparable jawbone jambox, albeit with a slightly larger chassis and a much smaller footprint

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *