Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Herois nacionais

Argélia, a luta continua…

Mais uma equipa apurada para os oitavos de final, a Argélia. Uma selecção que tinha pouca cotação antes do Mundial, e contra todas as probabilidades, as “raposas do deserto” mostraram que estão coesas e querem continuar a fazer história neste Mundial, conseguindo um feito inédito, surpreendendo tudo e todos com a passagem à fase seguinte (oitavos de final) do Mundial.

O técnico da Argélia, Vahid Halilhodzic, referiu publicamente que a relva da Arena da Baixada não se encontrava nas melhores condições. Fabio Capello, técnico da selecção Russa, falou das arbitragens e de alguns lances que considerou mal ajuizados, colocando a responsabilidade das derrotas e dos empates aos árbitros das partidas, incluindo penaltis duvidosos, a lasers apontados à cara do guardião Akinfeev, que dificultaram a passagem da Rússia à fase seguinte da competição.

Na primeira parte do jogo, o treinador da Argélia, Halilhodzic, sentiu um certo nervosismo nos seus atletas. No intervalo, o técnico disse aos seus jogadores para se organizarem, estarem em cima do adversário e irem para o ataque, e foi o que aconteceu. Na segunda metade do jogo tudo pareceu diferente, a Argélia demonstrou outra atitude em campo, foi surpreendida pelo golo da Rússia, mas rapidamente deu a volta por cima, empatou o jogo e assegurou uma passagem histórica aos oitavos-de-final deste Mundial do Brasil, algo que os Argelinos nunca haviam conseguido em toda a sua história.

Argelinos a comemorar a passagem aos oitavos de final

Argelinos a comemorar a passagem aos oitavos de final

Um País em festa e uma equipa que será lembrada para sempre depois deste feito histórico e heróico.

Melhor em campo? Islam Slimani, o próprio, com uma belíssima actuação no jogo contra a Rússia, foi considerado pela FIFA o melhor jogador em campo. Já por duas vezes que lhe é reconhecida esta distinção, a primeira frente à Coreia do Sul, e agora frente à Rússia, onde fez o seu terceiro golo neste Mundial. Slimani já começa a dar nas vistas, neste que está a ser o seu Mundial. Sem sombra de dúvidas que é o amuleto da sorte da Argélia.

Agora, nos oitavos de final, a Argélia vai medir forças com a Alemanha, equipa que fez bons jogos na fase de grupos e onde marcou sete golos, quatro deles à selecção de Portugal. Com Thomas Muller no ataque e com quatro golos neste Mundial a Argélia tem muito que planear e rever, porque agora, são as fases das eliminatórias e quem perde vai para casa. A Argélia, traz à tona o belíssimo jogo que fez no Mundial de 1982 em Espanha, onde derrotou a Alemanha Ocidental por 2-1, com golos de Madjer e Blloumi. Repetir a façanha? Porque não.

O jogo dos oitavos de final entre a selecção da Argélia e da selecção Alemã realizar-se-á na segunda-feira, 30 de Junho, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, às 21h00 de Portugal Continental.

When editing the information of a disc in data mode, you have access to different fields depending on the filesystems you are burning for

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *