Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Argentina de Lionel Messi

Argentina prepara ataque aos oitavos-de-final

A Selecção da Argentina entra hoje em campo para defrontar o Irão de Carlos Queiroz, com os olhos postos nos oitavos-de-final da competição. Caso vença o seu jogo, a Selecção Albiceleste fica automaticamente qualificada no Grupo F, uma vez que Irão e Nigéria empataram na primeira jornada do grupo. Com um ataque milionário, com Di María, Higuaín, Messi e Aguero, a Argentina defronta uma defesa Iraniana avaliada em 3 Milhões de Euros, algo como 2 meses de ordenado para Lionel Messi. As diferenças são grandes, mas a Argentina sabe da importância de demonstrar em campo essa superioridade natural.

Sabella treinou esta semana um novo esquema táctico, baseado num 4-3-3, depois de uma abordagem mais defensiva frente à Bósnia, desta feita com o quarteto ofensivo letal da Argentina, para gáudio de Lionel Messi, que finalmente poderá ser servido pela artilharia pesada da Albiceleste, e quem sabe, marcar novamente neste Campeonato do Mundo. Consciente das dificuldades que encontrará, Sabella referiu em conferência de imprensa que é importante os seus jogadores entrarem bem, serem humildes e procurarem fazer aquilo que melhor sabem fazer, sem esquecer que do outro lado estará um Irão concentrado em defender o resultado e não vacilar no aspecto defensivo. A equipa treinada pelo Português Carlos Queiroz, é com toda a naturalidade uma equipa mais defensiva e consciente das suas limitações, pelo que a Argentina terá pela frente um trabalho complicado para desmontar a defesa Iraniana, por sinal, bem organizada.

Aguero, Messi e Di María

Aguero, Messi e Di María

Carlos Queiroz também referiu esta semana que é praticamente impossível o Irão conseguir um resultado que não seja a derrota frente à Argentina, uma das maiores candidatas ao título Mundial este ano, e pediu aos seus jogadores para esquecerem o resultado e darem o seu melhor, de cabeça erguida e orgulhando a camisola do país. A pensar nessas naturais dificuldades, o técnico português irá repetir o esquema defensivo utilizado frente à Nigéria, baseado num 4-5-1, o qual deu os seus frutos e permitiu ao Irão pontuar logo na jornada de abertura.

O Irão nunca conseguiu qualificar-se para os oitavos-de-final de um Campeonato do Mundo, e esta será a quarta vez que o tenta, depois de ter falhado nos mundiais de 1978, 1998 e 2006.

A Argentina, bi-campeã do Mundo, procura a qualificação imediata para os oitavos-de-final da prova, e continua a sonhar com o título Mundial, um dos poucos troféus que Lionel Messi ainda não tem e procura desde 2006, quando na altura se estreou numa fase final de um Campeonato do Mundo com a camisola da Argentina.

É o tudo ou nada para a Argentina, numa oportunidade de ouro para garantir já a qualificação no primeiro lugar do Grupo F.

Argentina e Irão defrontam-se hoje, pelas 17h00, no Arena Mineirão.

Fifty percent of math teachers without a major in math left teaching write my essay for free within 2

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *