Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Tim Cahill

Austrália ataca Chile, com ou sem Vidal

Tendo a sua estreia no Mundial’14 agendada para o próximo 13 de Junho, a Seleção Australiana, última das 32 presentes no Brasil no Ranking FIFA (62ª), defronta logo para começar o Chile, que apesar do excelente grupo que aqui apresentam, são também a equipa com a média de alturas mais baixa de todas aqui presentes.

Assim a Austrália tem vindo a procurar preparar-se para o duro jogo físico que certamente será imposto neste e nos restantes jogos que eles disputarão, sendo a sua arma secreta para contrariar essa tendência o jogo aéreo onde Tim Cahill se adivinha a figura principal do sistema. Sendo o melhor marcador internacional australiano com 28 golos em 61 jogos, Cahill faz-se valer da sua estatura de 1.78 m para se elevar mais alto que os adversários, sendo o cabeceamento a sua especialidade.

Contra o Chile, que é o conjunto mais baixo presente no Brasil, esta opção tem grande probabilidade de se tornar bastante viável, tendo ainda assim Tim Cahill admitido que não se é preciso ser grande para se conseguir saltar até aos pontos mais altos, confirmando-o ele próprio cujo 1.78 metros fica bastante aquém da estatura de cabeceadores natos cujas alturas ultrapassam todas os 1.85 metros.

Confrontado com o facto das questões físicas que têm abalado Arturo Vidal, médio chileno da Juventus, o veterano australiano diz-se algo céptico pois nada lhes garante que na hora do jogo Vidal não apareça em condições e jogue mesmo. Já quanto a uma ausência do médio do jogo, Cahill admite que seria uma grande ajuda visto que todo o jogo chileno passa pelos pés do médio, o que ainda assim não alterará o estilo de jogo praticado pela Austrália.

Warner has scored some of his biggest political points the packing on education policy

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *