Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
heiner mora costa rica

Costa Rica com baixa de última hora

A seleção da Costa Rica realizou hoje o segundo treino na Vila Belmira, em Santos, onde está sediada. Durante os quinze minutos iniciais abertos aos jornalistas foi possível registar a presença de Heiner Mora, cabisbaixo, sentado junto à comitiva costa-riquenha. Para o lateral-direito o sonho de participar neste Mundial doi Brasil chegou ao fim ao fim ontem quando os médicos confirmaram a lesão impeditiva no tornozelo. Para o substituir no plantel foi chamado David Myrie.

Até ao apito inicial todas as comitivas sofrem esta angústia, a de perderem jogadores para as malditas lesões. Heiner Mora é o terceiro elemento que a Costa Rica manda para casa com problemas físicos nestas derradeiras semanas de preparação para o campeonato do mundo. O defesa do Everton, Bryan Oviedo, fez tudo para recuperar da fratura sofrida em Janeiro mas a um mês da partida para o Brasil teve que admitir que não estaria em condições de voltar tão cedo à competição. Depois foi o avançado do Real Salt Lake, Álvaro Saborío, a partir um osso do pé.

A lesão de Titi, como é conhecido entre os companheiros e adeptos aconteceu num lance casual, durante o treino. Em corrida, o defesa sentiu uma pontada, parou, falou com o adjunto Luís Marín e saiu do campo pelo próprio pé. Segundo explicou a equipa médica, o jogador queixou-se de que as dores se intensificavam durante a tarde de ontem, razão pela qual foi submetido a uma ressonância magnética. O resultado do exame caiu como uma bomba no grupo. Mora estava com uma micro-fratura no tornozelo direito, lesão essa que por si só nem é uma coisa grave. Normalmente dispensa a cirurgia mas exige repouso paragem de duas semanas, condição absolutamente impraticável na fase final de um mundial. Foi um rude golpe, para o jogador e para o grupo, este morrer na praia com a Copa à vista. Agora, a vaga de lateral-direito será preenchida por David Myrie, que alinha no costa-riquenho C. S. Herediano. Logo que soube da convocatória, o jogador apanhou boleia no avião destinado a convidados e dirigentes da Federação da Costa Rica e já está no Brasil, se possível para ser integrado ainda hoje no treino da tarde.

Entretanto foi confirmado que Heiner Mora vai permanecer na comitiva da Costa-Rica. Apesar do abalo inicial, o defesa resolveu aceitar o desafio do treinador e da Federação Costa-riquenha de Futebol, que considera que a sua permanência pode ser importante para motivar e unir o grupo.

According to anne kliman, director of the situational crisis writing paper http://samedaypaper.org service center for preventive psychiatry in white plains, n

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *