Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Mario Mandžukić melhor em campo

Croácia determinada em seguir em frente

Apesar da derrota da Croácia contra o Brasil, não se pode deixar de dizer que a Croácia até fez um bom jogo e mostrou que está pronta e decidida a ir mais além. Com uma equipa coesa, desde a defesa ao ataque, a Croácia demonstrou isso mesmo esta quarta feira, no Arena Amazónia, em Manaus, contra a selecção dos camarões de Eto’o, que não pôde jogar devido a uma lesão no joelho que o impossibilitou de defrontar a equipa croata, sem a referencia Eto’o, a equipa dos Leões Indomáveis como são conhecidos, ficaram sem pontaria na hora da finalização.

Samuel Eto'o

Eto’o, fez muita falta, aos golos, e ao descontrolo da equipa.

 

O jogo ficou mais facilitado quando o jogador camaronês Alex Song foi expulso aos 40 minutos, devido uma agressão infantil sem bola a um jogador croata a meio campo, facilitando assim, e muito, a tarefa dos croatas, que jogaram toda a segunda parte em superioridade numérica, e também a frescura do avançado Mario Mandžukić do Bayern de Munique, que não jogou o jogo inicial contra o Brasil por se encontrar castigado, mas estava sedento de golos e de minutos em campo, já que foi o homem do jogo, assistindo Olic para o primeiro da partida e marcando mais dois golos, revelando assim uma frescura física que poderá ser crucial no jogo decisivo contra o México.

Ganhando, por 4 a 0, a selecção da Croácia ganha os seus primeiros três pontos na competição, e continua na luta pelos oitavos de final da competição que será decidida na última jornada, contra o México. A Croácia só depende de si para a fase seguinte, enquanto isso, o Brasil defronta os Camarões sem qualquer hipóteses de seguirem em frente. Como se não bastasse a derrota, os nervos consumiram alguns dos jogadores, o lateral Assou-Ekotto e o atacante Moukandjo dos camarões, discutiram e trocaram agressões no último minuto da partida.

O jogo entre a Croácia e o México, joga-se esta segunda-feira, dia 23, às 21:00 horas, de Portugal Continental, na Arena Pernambuco,Recife, a contar para o Grupo A onde a Croácia tem que vencer para passar à fase seguinte.

Curiosidade

Ivica Olic, atacante da Croácia e jogador do Wolfsburg da Alemanha, de 34 anos, marca um golo neste Mundial à selecção dos Camarões, contudo, a curiosidade reside no facto em que Olic, na altura, com 23 anos, marcara um golo à selecção da Itália no Mundial de 2002, passados doze anos.

Nasa’s https://order-essay-online.net/ educator astronaut program includes multi-media resources on living in space

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *