Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
suíca vs equador

Enquanto há vida há esperança

Apesar de lamentarem a derrota no último minuto contra a Selecção da Suíça, numa jogada de contra-ataque, os equatorianos ainda acreditam na classificação à próxima fase.

A Selecção do Equador, que perdeu para a Selecção da Suíça na sua estreia no Mundial 2014 – o Equador ainda inaugurou o marcador com um golo de Enner Valencia, mas o jogo sofreu uma reviravolta na segunda parte, com um golo de Mehmedi e outro de Seferovic – por duas bolas a uma, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, diz-se triste com a sua prestação em campo – essencialmente por “distracção”.

“Eu acredito que foi um jogo muito disputado, equilibrado, com duas Selecções a fazerem uma boa prestação. Acho que o futebol é assim. Talvez o resultado tenha sido um pouco injusto connosco. Jogámos com a mesma vontade, mas temos que absorver a primeira derrota. Temos dois jogos difíceis pela frente, e acredito que o Equador tenha jogado com uma organização que foi traída pela emoção. Acabámos por provocar o golo da Suíça que não nos permitiu chegar ao fim com um empate. Nós perdemos a nossa organização, que foi um dos atributos que o Equador conseguiu manter durante o jogo. A emoção traiu-nos. (…) Conseguimos manter o controlo durante o jogo, e no final tivemos uma desorganização momentânea. Podíamos ter mantido o empate, mas a partir da falta de possibilidades de fechar o jogo, a Suíça teve a sua chance.” – afirmou Reinaldo Rueda, seleccionador do Equador.

Já para o pai do ídolo “Chucho” Benítez – Ermen Benítez, ex jogador da Selecção do Equador nas décadas de 80 e 90 - a equipa precisa de reagir, e tem, sim, condições de vencer os dois próximos jogos.

“Tudo é possível. Temos de ganhar à Selecção das Honduras para ir longe no Mundial. E depois concentramo-nos na  classificação contra a França. Foi uma pena a derrota com a Selecção da Suíça, porque toda a equipa estava animada para este jogo. Mas nós ainda não perdemos a esperança.” – comentou.

Os alvos da imprensa equatoriana foram mesmo os jogadores mais experientes, como o médio Antonio Valencia, que joga no Manchester United, e o avançado Felipe Caicedo. Conforme o jornalista Washington Sánchez, da Cadena Ecuatoriana Televisión disse, as peças principais parecem ter desaparecido no jogo contra os suíços.

“O Valencia e o Caicedo deviam ter lutado mais, mas eles não apareceram. Num Mundial tem que se jogar mais do que a 100%. Só que faltou garra e mais vontade no jogo. Agora têm que trabalhar a parte espiritual e anímica. O Equador ainda se pode levantar e temos confiança que a equipa vai crescer” – analisou Sánchez.

A Selecção “La Tri” precisa de ganhar o próximo jogo contra a Selecção das Honduras nesta sexta-feira, em Curitiba, se quiser continuar na competição.

Os treinos foram retomados no dia de ontem, à tarde, em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, onde a equipa está hospedada.

Na última fase do Grupo E, a Selecção do treinador Reinaldo Rueda vai competir contra a Selecção das Honduras na próxima sexta-feira, em Curitiba, na Arena da Baixada, e mais tarde contra a França, no Rio de Janeiro, no dia 25.

ecuador vs switzerlandTreino adiado

A Selecção do Equador cancelou o treino contra a equipa de  sub-23 do Inter – estavam planeadas diversas homenagens a Fernandão – ex avançado que faleceu num acidente de helicóptero no passado dia 7, no interior de Goiás – durante o jogo, com os adeptos a organizarem-se para levarem faixas e cartazes ao local - que seria realizado nesta quarta-feira, às 20h30, no Estádio Vieirão, em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

A Federação Equatoriana de Futebol apontou a  ”fadiga muscular” dos jogadores  como motivo pelo cancelamento do treino.

O Cerâmica, clube dono do estádio onde seria o treino, informou que os adeptos que adquiriram bilhetes para ver o treino serão ressarcidos mediante apresentação, desde que tenham sido comprados no estádio. Os restantes adeptos poderão ser ressarcidos dos seus bilhetes mediante diálogo com os estabelecimentos onde os adquiriram.

Department of justice lawyer, argued that the student’s rights were violated, saying that www.eduessayhelper.org intrusive body searches require greater justification under the fourth amendment

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *