Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Enzo Perez Argentina

Enzo Pérez no Mundial?

Na ressaca do dérbi entre Benfica e Sporting, é hoje notícia o pedido de Alejandro Sabella do vídeo do encontro. O selecionador nacional argentino poderá abrir as portas do Mundial 2014 a Enzo Pérez, médio dos encarnados, grande figura desta partida. Apesar de pouco habitual ver-se um atleta da idade de Pérez entrar, de um momento para outro, nas contas de uma seleção, a verdade é que ele e Sabella tem uma história em comum. Poderá Enzo Pérez marcar presença no Brasil?

Chegado ao Benfica no verão de 2011, Enzo Pérez vinha referenciado como mais um produto argentino com velocidade e capacidade para ajudar o futebol linear de Jorge Jesus. No entanto, os primeiros tempos de Enzo na Luz foram a fase mais negra da sua carreira futebolística, com o atleta a denotar bastantes dificuldades para cumprir com aquilo que esperavam dele. Por um lado, a adaptação à Europa e a um futebol mais rápido atrasaram a sua integração, para além de que o seu estilo de jogo não se adaptava ao que Jesus esperava dos seus extremos. O jogador viu-se obrigado a regressar ao Estudiantes para poder regressar mais forte e decidido a conquistar sucesso na Europa.

Jorge Jesus

Jorge Jesus fez magia?

Quando se diz que Jorge Jesus descobriu um novo jogador em Enzo Pérez, ignora-se quais eram as suas características principais quando começou a brilhar no Estudiantes, por volta de 2009. Sendo um típico “meia” argentino, Pérez sempre foi um jogador todo-o-terreno na zona intermediária, muito disponível para jogar curto e, utilizando a sua velocidade, aparecer em momento de finalização. Ou seja, Enzo Pérez já era o jogador que é hoje, precisava que, no Benfica, a equipa necessitasse de um jogador como ele. E então Jesus encontrou, nas últimas duas épocas, finalmente espaço para integrar o talento de Enzo.

A primeira seleção

Corria o ano de 2009, na antecipação do Mundial que se realizaria na África do Sul, quando Enzo Pérez recebeu a sua primeira convocatória para jogar na seleção. Diego Armando Maradona decidiu-se a testar o futebol do pequeno génio do Estudiantes, mas um pouco à imagem do Benfica, não havia na equipa de Maradona espaço para um jogador como Enzo. Talvez por isso em cerca de cinco anos apenas por seis vezes Enzo Pérez vestiu a camisola albi-celeste.

O reencontro com Sabella

Enzo Perez Argentina b

Pérez pode cumprir um sonho no Brasil

O único título conquistado por Alejandro Sabella na sua carreira de treinador foi o Torneio de Abertura argentino de 2011. Esse título valeu-lhe a chamada para a seleção argentina e teve em Enzo Pérez um dos seus artífices principais. Ou seja, o atual selecionador conhecerá, e bem, as características do médio encarnado. A prestação de Enzo no dérbi com o Sporting apenas veio confirmar o seu bom momento e também a plena maturidade conquistada aos 27 anos. Enzo Pérez poderá, mesmo, ser uma forte opção para a seleção argentina por ser um jogador que se consegue adaptar a diferentes missões no meio-campo, desde a segurança defensiva no apoio a um pivô (onde tem brilhado no Benfica, primeiro com Matic, agora com Fejsa), seja numa missão mais ofensiva, em qualquer ala, sempre respondendo com muito rigor tático. Com Lucas Biglia a sentir o peso da mudança para a Série A italiana e Ever Banega num momento menos bom da sua carreira, regressando à Argentina para representar o Newell’s Old Boys, Enzo Pérez poderá acabar por ser o homem certo no momento certo para o plano de jogo de Sabella no Brasil.

Companies, k-12 writing research paper policymakers seek common ground n

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *