Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Holanda x Chile

Holanda vence e assegura 1º posto do Grupo B

Na 3ª e última jornada da fase de grupos do Campeonato do Mundo de 2014, no Brasil, defrontaram-se no Estádio Arena Corinthians as seleções do Chile e da Holanda, em jogo que estes últimos venceram por 2-0. À partida para o embate, estes dois conjuntos diviam a liderança deste Grupo B, ambos com 6 pontos, sendo que os restantes figurantes do agrupamento, a Austrália e a Espanha eram, respectivamente, 3º e 4º classificados, já sem esperanças de passarem à próxima fase.

1ª Parte

O Chile começou melhor no encontro, procurando sempre guardar a bola e começando a construir desde a defesa. Face a isto a Holanda retraía-se, o que motivava os passes mais directos chilenos. Foi então que aos 12 minutos, na primeira iniciativa pelo lado esquerdo do ataque chileno que surgiu a primeira oportunidade, mas Eduardo Vargas respondeu ao cruzamento com um cabeceamento muito por cima. Apenas 2 minutos depois, pelo mesmo flanco Aránguiz ganha espaço na grande área e tira o cruzamento rasteiro, mas a defesa Holandesa resolveu sem problemas.

Aos 22′ minutos o estádio voltou a levantar-se, mais uma vez com uma jogada de encher o olho por parte do Chile, num canto estudado o remate saiu pouco por cima da baliza defendida por Jasper Cillessen. Na resposta, Robben conduziu a bola em grande velocidade até à grande área do Chile, onde o aglomerado de defesas acabou por desfazer as ameaças do lance.

Alexis Sanchéz foi quem mais problemas criou à defesa holandesa durante o 1º tempo.

Alexis Sanchéz foi quem mais problemas criou à defesa holandesa durante o 1º tempo.

Foi então preciso esperar cerca de mais 10′ minutos, até aos 35′, para que se voltasse a ver jogar. De um livre junto à quina direita da área de Claudio Bravo, Arjen Robben tirou um cruzamento quase perfeito que De Vrij falhou por pouco. Muito perto do golo a Holanda. À passagem do minuto 40, mais uma vez pelo inevitável Robben, a bola foi até à área chilena onde o remate acabou por sair um pouco desviado. Apenas 3′ minutos depois foi o Chile que esteve perto do golo. De um livre cobrado directamente para a área Holandesa, Filipe Gutiérrez ajeitou a cabeça para o desvio mas a bola passou pouco ao lado.

O jogo acabou entar por seguir até ao intervalo sem qualquer incidência, destacando-se então o, já não muito surpreendente, domínio chileno que acaba este primeiro tempo com 68% de posse de bola.

2ª Parte

O 2º tempo começou com as equipas bastantes anuladas uma pela outra. Com a bola a chegar poucas vezes ao interior das grandes áreas, a primeira ocasião em que isso aconteceu foi aos 64′ minutos. Depois de um livre batido pelo Chile directamente para a área holandesa, a bola acabou por sobrar par Alexis que pôs Cillessen à prova com um potente remate de bastante perto. Na resposta, logo no minuto seguinte, mais uma arrancada de Robben levou a bola até à entrada do espaço do guarda-redes chileno, onde desferiu também um forte remate mas Claudio Bravo acabou por resolver sem grandes dificuldades.

Depois destas duas situações isoladas, foi pelo meio de bolas paradas que a Holanda voltou a tentar criar perigo mas ninguém da Laranja Mecânica conseguiu desferir o remate certeiro. Aos 76′ minutos, foi dos pés do recém entrado Memphis Depay que saiu um potente remate ao qual Claudio Bravo respondeu com uma grande defesa. No canto daí resultante, apareceu o também recém entrado Leroy Fer no coração da área, não tendo grandes dificuldades em atirar para o fundo das redes chilenas, fez-se o 1-0 ao minuto 77′.

Robben acabou mesmo eleito como o Homem do Jogo.

Robben acabou mesmo eleito como o Homem do Jogo.

Na tentativa de resposta, também na marcação de um canto, o Chile voltou a estar muito perto do golo, que desta feita lhes valia o empate, mais o defesa holandês foi herói e cortou a bola em cima da linha. Depois disto os chilenos continuaram a apertar a Holanda e, quando já se pensava que o jogo iria assim para o final, aos 90′+1 Arjen Robben saiu lançado no contra-ataque e já dentro da pequena área de Claudio Bravo assistiu Memphis Dapay, fazendo assim o 2-0 e decidindo tudo para o conjunto holandês.

Conclusão

Apesar da primeira parte ter sido mais bem disputada que a segunda, foi nesta última que aconteceram os golos, ou o golo neste caso. Este acabou então por ser um resultado um pouco injunto para o Chile que havia feito para merecer mais, mas na hora da conclusão foi a Holanda quem foi melhor e como são os golos que dão pontos, a Holanda acabou por ser melhor nesse aspecto merecendo por isso o triunfo. Desta forma a Laranja Mecânica fixa-se no topo do Grupo B, com 9 pontos resultantes de 3 vitórias, enquanto que o Chile acaba por ser 2º com 6 pontos, obtidos com dois triunfos e este desaire. Assim a Holanda disputará os oitavos de final com o 2º classificado do Grupo A, enquanto que o Chile jogará com o 1º do mesmo grupo.

We’ve http://topspying.com seen yet another clone of apple’s ipod nano armband here, this time from a company called et-cetera, and plenty of i-steroid speakers, plus cases from some of asia’s least reputable vendors

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *