Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Andre Martins Josue Portugal

Irlanda do Norte – Portugal

O oitavo encontro de Portugal na fase de apuramento para o Mundial 2014 será, para além do derradeiro jogo fora de casa, um momento fulcral para que a equipa portuguesa possa assegurar um dos dois primeiros lugares do grupo.

Independentemente daquilo que acontecer com os seus adversários, vencendo, Portugal ficará a depender de si próprio para continuar na luta pelo acesso ao Mundial e, para Paulo Bento, isso será, de momento, o mais importante.

Lesões permitem novidades em Portugal

A onda de lesões que afeta a equipa portuguesa deixou, ainda assim, de fora, os onze titulares utilizados nas últimas partidas, pelo que o selecionador nacional não deverá encontrar grandes razões para alterar o seu sistema de jogo. Por outro lado, depois do empate a uma bola registado no Estádio do Dragão frente a esta mesma seleção, está Portugal alertada para todos os riscos de defrontar um conjunto que prima pelo futebol direto e tem uma defesa muito forte e de grande capacidade física. Se faltasse algo mais para confirmar o perigo de jogar em Belfast, o facto de a Rússia aí ter perdido o mês passado, faz saltar à evidência que os irlandeses, embora sempre muito longe da qualificação para as grandes provas, são um osso bem duro de roer.

 Andre Martins Josue Portugal

André Martins e Josué são o futuro de Portugal

Voltando a Portugal, as lesões de vários jogadores vão permitindo a chegada à seleção de diversos atletas que se projetam como opções muito válidas para o futuro. Se André Martins e Josué podem já ser considerados primeiras opções – o sportinguista já se estreou, inclusive, com a camisola das Quinas -, Licá e Adrien merecem a chamada pela excelente temporada que vão fazendo nos respetivos clubes. O meio-campo português precisava desta injeção de energia e confiança que as novidades parecem trazer ao grupo de Paulo Bento, depois de ter vivido demasiado tempo sempre dependente do trio Miguel Veloso, João Moutinho e Raul Meireles. Já Licá oferece uma opção que pode ocupar uma faixa, mas também surgir com muita intensidade dentro da área adversária, algo que a seleção lusa também precisava, para poder contar com mais opções defensivas e, sobretudo, para poder, eventualmente, testar essa opção com Cristiano Ronaldo a surgir do outro lado.

Irlandeses procuram segunda vitória

Aaron Hughes Irlanda do Norte

Hughes é um dos jogadores em dúvida

A convocatória da Irlanda do Norte surge também marcada pelas lesões. Com o defesa-esquerdo Lafferty castigado, o técnico Michael O’Neill ficou sem o defesa-central Cathcart, aos quais se juntam as dúvidas sobre Aaron Hughes e Ryan McGivern, ambos afetados fisicamente. Os problemas na defesa são especialmente sensíveis para uma equipa que baseia grande parte das suas esperanças nessa zona do jogo, onde para além de povoar ao máximo todo o raio de ação de Cristiano Ronaldo, terá também que conseguir parar as restantes ameaças que Portugal apresenta no último terço do campo.

Apenas com uma vitória no seu percurso, frente à Rússia, a Irlanda do Norte não nutre, já, qualquer esperança sobre o seu apuramento, mas somar pontos poderá ainda permitir-lhe subir na classificação e assim garantir um melhor ranking para os próximos apuramentos. A pensar no futuro, a Irlanda do Norte sonhará repetir a presença num Mundial, onde esteve pela última vez em 1986.

It suggests that they bring https://www.essayclick.net/ in external reviewers to assess their work at various stages

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *