Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Nagatomo

Japão aposta em artilharia pesada

Yuto Nagatomo, lateral-esquerdo da Selecção do Japão, é uma das apostas do seleccionador, Alberto Zaccheroni, para chegar aos oitavos de final.

De facto, e apesar de não ser tão conhecido a nível internacional como outros do mesmo calibre – Neymar, Messi ou Cristiano Ronaldo – a verdade é que Yuto Nagamoto corre como poucos quando se trata de dar assistência no momento do ataque.

Consciente da responsabilidade acrescida, especialmente porque a equipa se tem mostrado mais vulnerável na defesa, o jogador espera surpreender na estreia, já este sábado.

“A Costa do Marfim tem grandes jogadores, e precisamos de pará-los. Mas se eu puder avançar para marcar um golo, óptimo”, frisou. (…)Trabalhámos muito e agora a equipa já está quase a 100%. Estamos bem e temos tudo para fazer um bom Mundial.” – disse.

Da mesma opinião é Kakitani, avançado da equipa japonesa.

“Sabemos que eles têm uma equipa muito forte fisicamente, mas estamos preparados para correr o tempo todo e superá-los inclusivé nesse ponto, se for preciso. Também vimos alguns vídeos e sabemos como a Costa do Marfim joga” – diz , acrescentando ainda o quão entusiasmado está para jogar no Mundial 2014 no Brasil.

“É um sonho de criança jogar num Mundial e estou perto de realizá-lo, por isso, o meu entusiasmo é enorme. A nossa equipa tem bons jogadores, está em ascensão, e acho que podemos surpreender os que não acreditam em nós.”  - concluiu.

Ainda sobre Yuto Nagatomo, também a imprensa japonesa afirma a predilecção pelo jogador, a quem a velocidade e a resistência são apontadas como um dos recursos especiais da equipa.

A táctica do seleccionador

Para o jogo que fecha a primeira fase do Grupo C no Mundial 2014, a Selecção do Japão tem como um dos principais aliados, para além de Yuto Nagatomo, a velocidade durante o momento de  ataque.

No Mundial pela 5ª vez, a meta é, no mínimo, repetir a proeza feita na África do Sul, quando a equipa chegou aos oitavos de final, tendo sido depois eliminada pelo Paraguai nos penaltis.

“A nossa equipa tem que entrar com o nível correto de tensão no jogo. Não pode entrar nervoso demais, nem muito relaxado.”  – frisou Alberto Zaccheroni.

Ontem, enquanto o Mundo parou para ver o jogo de abertura do Mundial, os japoneses faziam o seu último treino em Itu, treino esse que apenas foi aberto à imprensa nos primeiros 20 minutos – todos os jogadores participaram no treino, entre eles  Hasebe, médio defensivo, e Sakai, lateral, que se apresentaram com pequenas contusões, embora o médio defensivo garanta estar tranquilo e pronto para jogar – “A decisão é do treinador, mas não senti dores, e se precisarem de mim, estou à disposição.” – afirmou.

Tendo viajado hoje de manhã para o Recife, onde fazem a sua estreia no Mundial, este sábado, frente à Costa de Marfim, pelas 22h, a equipa irá ainda fazer um treino de reconhecimento na Arena Pernambuco, que será o palco do jogo. A viagem foi tranquila e sem incidentes, sendo o autocarro escoltado pelas polícias Militar e Federal.

Para além da Selecção da Costa do Marfim, os japoneses estão ainda ao lado da Selecção da Colômbia e da Selecção da Grécia – Grupo C.

Redmond piewith at&t announcing acquisition of t-mobile usa for a staggering amount of $39 billion, many existing customers of t-mobile are wondering whether tick here for more t-mobile is finally getting the iphone

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *