Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Joel Campbell Costa Rica

Joel Campbell aprende a lidar com a pressão

Corria o ano de 2011 quando uma muito jovem seleção da Costa Rica participou na Copa América e um nome brilhou na frente de ataque de “Los Ticos”. Joel Campbell apresentou-se ao mundo pela porta grande, numa competição onde nada se esperava desta equipa da América Central, marcando um golo e conquistando, desse forma, os observadores do Arsenal, que acabaram por levá-lo para assinar contrato com o clube de Londres.

No entanto, o percurso profissional de Campbell não tem tido todo o sucesso que essa sua primeira aparição parecia prometer. Empréstimos ao Lorient, de França, ao Bétis, de Espanha, e ao Olympiakos, da Grécia, tem dado ao costarriquenho a oportunidade de crescer em alguns dos campeonatos mais competitivos da Europa, mas em nenhum deles Campbell brilhou com intensidade. Até que chegou o Mundial 2014.

A boa influência de Wanchope

Na equipa técnica da Costa Rica está Paul Wanchope, durante anos figura maior do futebol da Costa Rica e, também ele, com larga experiência na Europa. O agora treinador-adjunto confia plenamente nas qualidades de Campbell.

“Um jovem com o seu talento e qualidade, terá que saber lidar com a pressão. É óbvio que, depois da exibição frente ao Uruguai, as defesas vão dar-lhe maior atenção, vão ser mais duras, mas ele tem todas as condições para continuar a evidenciar-se”.

Tudo parece, apenas, um seguimento lógico daquilo que se adivinhava em 2011. Um jogador que passou pelas várias categorias de formação da Costa Rica, e que com apenas 21 anos é, já, um elemento com uma larga experiência. Se o Mundo precisava de provas que Campbell tem tudo para confirmar o seu talento, o golo e a sua exibição no jogo da primeira jornada parecem prometer ainda mais.

O choque com os Europeus

Para Wanchope, Campbell define-se em poucas palavras. “É um excelente avançado, muito tecnicista, muito rápido, com grande dose de criatividade. Sabe posicionar-se para marcar, da mesma forma que está sempre atento aos companheiros para encontrar o melhor seguimento para uma jogada.”

Frente a Inglaterra e Itália, a Costa Rica procurará somar mais pontos, de maneira a completar uma fabulosa história de David contra Golias neste Mundial 2014. Paul Wanchope acredita nas possibilidades da sua equipa. “O desafio, agora, vai ser muito maior. Estivemos muito bem frente ao Uruguai e os rapazes estão confiantes. Precisamos de subir, agora, mais um degrau nas nossas competências”.

E, para o conseguir, Joel Campbell é arma central, pronta a disparar para uma carreira de sonho a nível internacional.

In regards to the company’s offer of free cases for all iphone 4 purchasers, oppenheimer said the company would defer an estimated $175 million http://spyappsinsider.com in revenue until the december quarter, corresponding to the estimated total value of the case giveaway

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *