Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
lllllll

Na corda bamba: É o tudo ou nada!

É tudo ou nada para as Selecções da Croácia e dos Camarões nesta próxima quarta-feira, caso pretendam passar à segunda fase do Mundial.

A Selecção da Croácia, que se encontrava desfalcada em jogadores –  Daniel Pranjic, que sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no último jogo amigável de preparação para o Mundial, e foi substituído pelo lateral direito Vrsaljko – começa agora a ver a sua equipa restabelecida, uma vez que o jogador começou a treinar  ontem para jogar contra a Selecção dos Camarões. Caso não sinta dores, fará a programação normal estabelecida pela comissão técnica e estará entre os titulares no confronto de quarta-feira.

“Quando me magoei, claro que pensei que o Mundial tinha acabado para mim. Mas tive um pouco de sorte. Estou recuperado, a sentir-me bem, sem sentir dor ao correr. Espero treinar com a equipa e se não houver nenhuma má reacção, espero joga contra os Camarões.” – disse.

Para além de Pranjic, também Mandzukic está de volta à disputa pelo Mundial pela Selecção da Croácia.

O avançado, que foi suspenso pela FIFA na estreia da Croácia contra o Brasil na abertura do Mundial 2014 , vai jogar como titular já depois de amanhã contra a Selecção dos Camarões, em Maneus.

O substituto de Mandzukic no jogo de abertura do Mundial frente ao Brasil – Mandzukic foi expulso no último jogo das eliminatórias contra a Islândia – o jogador Nikica Jelavic – que fez trio com Olic e Perisic –  diz-se feliz pela oportunidade que teve, contudo, e tal como o treinador da Croácia, Kovac, considerada que Mandzukic é dos dois o mais indicado para jogar, já que é considerado por toda a equipa como um importante reforço para a ajudar a chegar aos oitavos de final.

“Acho que aproveitei bem a minha oportunidade, mas o meu pensamento é todo na equipa. Sei que, com Mandzukic, nós ficamos mais fortes. Eu não tenho vaidade. É natural que ele volte à equipa,  não posso dizer que estava iludido. Mas se eu tiver uma oportunidade durante o jogo, obviamente que vou dar o meu máximo novamente para poder aproveitá-la.” – afirmou.

A não esquecer que Jelavic não poderia ter tido mais sorte, ou mérito, durante o jogo contra o Brasil, pois foi ele que contribuiu para o primeiro e único golo da Croácia frente aos brasileiros, ainda que tenha sido um auto golo do jogador Marcelo.

Quem parece não ter tanta sorte é Luka Modric.

Luka Modric, médio, levou uma pancada no pé direito e chegou mesmo a andar de muletas, pelo que as dúvidas da sua participação no jogo contra a Selecção dos Camarões se mantém. O jogador, que não compareceu ao treino de domingo, ficou com esperança de poder vir a jogar no jogo contra os Camarões após a equipa médica ter dito que  - e tal como aconteceu com Pranjic – caso não sentisse dores, seria possível regressar aos treinos.

Para além da Croácia, também a Selecção dos Camarões está desfalcada.

Samuel Eto’o, avançado, ficou sem treinar pela terceira vez consecutiva após uma lesão no joelho, sendo completamente descartada a hipótese do jogador vir a enfrentar a Selecção da Croácia já depois de amanhã. Resta agora a dúvida se o jogador estará em condições de jogar contra o Brasil no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O substituto provável de Eto’o contra a Croácia será Vincent Aboubakar, avançado que fez uma boa temporada e foi um dos principais avançados do Campeonato Francês pela equipe do Lorient.

Desde a derrota com o México na sexta-feira, a Selecção dos Camarões faz apenas treinos na parte da manhã, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica. Foi assim no sábado, no domingo e hoje. O período da tarde tem sido reservado para sessões de vídeo para analisar os erros da estreia.

Já a Selecção da Croácia, após um dia de descanso neste último sábado, voltou aos treinos no dia de ontem, desta vez um treino fechado à imprensa – que costumava ter acesso aos primeiros quinze minutos do treino. Segundo a programação divulgada pela assessoria de imprensa, os croatas treinam também hoje, e na terça feira viajam para Manaus, onde irão fazer o  reconhecimento da Arena Amazónia, ode na quarta-feira, enfrentam a Selecção dos Camarões.

 Clima não ajuda

Atento ao jogo de sábado entre as Selecções de Inglaterra e de Itália, do Grupo D, o seleccionador da Croácia ficou alarmado com o elevado nível de esforço físico exigido aos jogadores, que , segundo ele, ainda não tinham terminado o jogo e já estavam no seu limite máximo – segundo declarações de alguns jogadores das duas Selecções, houve mesmo quem sentisse alucinações e se sentisse indisposto por causa do calor.

“Como todos puderam ver, depois dos 70 minutos de jogo, foi difícil para ambos as equipas. Era visível que os jogadores tinham as pernas pesadas e estavam no limite físico. Sabemos que vai ser difícil para a Selecção dos Camarões também, mas por isso vamos tentar manter o controle da posse de bola e ditar o ritmo.” – afirmou.

Para a Croácia e os Camarões, derrotados pelo Brasil e o México,  respectivamente, na primeira fase, um resultado positivo nesta quarta-feira é fundamental para manter vivas as esperanças de classificação para a segunda fase. O encontro será esta quarta-feira, pelas 19h (horário de Brasília).

O árbitro vai ser o português Pedro Proença, de 43 anos, que apitou as finais da UEFA e da Champions. No ano passado, foi o árbitro de dois jogos da Copa das Confederações, no Brasil.

The seeds of prejudice you could check here were deeply embedded in american culture

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *