Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Brasil Mexico Neymar

O que nos dizem os números do Grupo A

As quatro seleções do Grupo A são, todas elas, velhas caminhantes dos Campeonatos do Mundo. Todas elas já alcançaram presenças de destaque na competição e chegam à prova deste ano com ambições bastante claras. Começamos pelo país organizador, o Brasil, que é considerado o grande favorito à vitória na prova. Depois, os outros três conjuntos do grupo, prestar-se-ão a lutar, de igual para igual, pelo segundo lugar e consequente apuramento para os oitavos-de-final.

Conta para o Grupo A o jogo de abertura deste Mundial 2014. O Brasil tem um país inteiro à espera de ver a canarinha ganhar em casa e o historial de confrontos frente à Croácia demonstra que pode haver confiança entre os homens de Scolari, visto que no único encontro oficial disputado com a Croácia, no Mundial de 2006, o Brasil bateu o adversário por 1-0. Nesta primeira jornada haverá um confronto que será uma estreia oficial. México e Camarões só se defrontaram por uma vez na história, em 1993, numa partida amigável, que acabou com a vitória para o conjunto mexicano por 1-0.

Croácia México 2002

Luta apertada como em 2002

Na segunda jornada, duelo entre duas equipas de referência no continente americano. O Brasil, dominador do Sul, encontra o México, a seleção mais conquistadora do Norte, num duelo que tem uma longa história. Tudo começou em 1950, o Mundial de má memória para os brasileiros, que contou com um encontro com o México na fase de grupos – será bom ou mau sinal que a história se repita? Depois, voltaram a defrontar-se nos Mundiais de 1954 e 1962, para além de vários confrontos, em tempos mais recentes, na Gold Cup, na Copa América e na Taça das Confederações, onde se encontraram no ano passado, com nova vitória para os brasileiros, por 2-0. A seleção do México poderá estar longe do seu melhor, neste momento, mas venceu 10 dos 36 jogos disputados com os canarinhos. Um dado a ter em conta. Nesta mesma jornada, nova estreia, com a Croácia a encontrar, pela primeira vez na história, a seleção dos Camarões.

Na última jornada, o Brasil encontra os Camarões, com quem perdeu no último encontro, por 0-1, em jogo da Taça das Confederações 2003, mas que venceu na única vez que se defrontaram em Mundiais, e logo por 3-0, em 1994. Na partida que poderá acabar por ser decisiva no apuramento, a Croácia terá que fazer melhor do que aquilo que conseguiu em 2002, quando perderam com o México por 0-1.

O calendário

Brasil 12/06  21:00  Croácia
México 13/06  17:00  Camarões
Brasil 17/06  20:00  México
Croácia 18/06  23:00  Camarões
Brasil 23/06  21:00  Camarões
Croácia 23/06  21:00  México

Perante este alinhamento de jogos, os números indicam que o Brasil é favorito a terminar o grupo em primeiro lugar, tendo como maior dificuldade uma seleção mexicana que já lhe colocou problemas no passado. A equipa dos Camarões é uma incógnita, por poder apresentar estados de espírito muito diferentes daqueles que os seus jogadores apresentam quando representam os clubes, enquanto Croácia e México surgem como maiores candidatos a avançar para os oitavos-de-final com o Brasil. O grupo parece poder ficar definido apenas na última jornada, o que é um ponto bem positivo em termos de competitividade, ainda que o vencedor esteja, na prática, garantido.

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *