Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Argentina Nigéria 2010

O que nos dizem os números do Grupo F

O Grupo F apresenta-nos um claro favorito à luta pelo título Mundial, a Argentina, que terá que defrontar três outsiders, sabendo-se de antemão que um deles acabará por estar nos oitavos-de-final. Se a Nigéria já tem experiência de alcançar essa fase da prova, o Irão procura fazer um pequeno brilharete no Mundial, depois de outras oportunidades onde se limitou a marcar presença, enquanto a Bósnia-Herzegovina, apesar de ser uma estreia, espera poder surpreender com um superior ritmo de jogo.

O grupo abre com uma partida entre Argentina e Bósnia-Herzegovina, que irão disputar o seu primeiro encontro oficial, depois de duas vitórias da seleção das Pampas em outros tantos jogos amigáveis. Em 1998, a Argentina bateu os bósnios por 5 a 0, sendo que no ano passado, uma vitória de 2 a 0 acabou por revelar o crescimento da equipa bósnia nestas últimas temporadas. Nigéria e Irão sentem que têm uma grande oportunidade de chegar a uma fase posterior, neste Mundial, pelo que ganha importância o jogo inaugural, onde disputam, cara a cara, os primeiro pontos. Antes deste encontro, apenas disputaram uma partida amigável, em 1998, com os nigerianos a vencer por 1 a 0.

Irão

Haverá festa iraniana?

Na segunda jornada, a Argentina defronta o Irão de Carlos Queiroz e, uma vez mais, fará a sua estreia em confrontos oficiais. Um único encontro, no já distante ano de 1977, acabou empatado a uma bola, mas disso pouco se poderá concluir para a partida deste Mundial. Por outro lado, nesta segunda jornada, continua a decidir quem deverá acompanhar os argentinos no apuramento, com Nigéria e Bósnia-Herzegovina a fazerem a sua estreia em partidas, sejam elas oficiais ou amigáveis.

Para fechar o grupo, a Argentina encontrará pela quarta vez a Nigéria em fases finais de Mundiais de Futebol. 1994, 2002 e 2010, antes da atual edição. Em todas elas, foram os argentinos a festejar a vitória, algo que poderá ser fatal para os nigerianos se estes não tiverem fechado as contas a seu favor nas partidas anteriores. Uma vitória dos africanos em 2011, num amigável, é um resultado que as Super Águias gostariam de repetir. Bósnia-Herzegovina e Irão são velhos conhecidos, tendo já disputado cinco encontros de caráter amigável na sua história. A um empate, no primeiro desses jogos, datado de 2001, seguiram-se quatro vitórias do conjunto iraniano, o último deles em 2009.

Calendário

Argentina 15/06  23:00  Bósnia e Herzegovina
Irão 16/06  20:00  Nigéria
Argentina 21/06  17:00  Irão
Bósnia e Herzegovina 21/06  23:00  Nigéria
Argentina 25/06  17:00  Nigéria
Bósnia e Herzegovina 25/06  17:00  Irão

Com a Argentina como grande favorita, não se vê neste grupo quem possa impedir a equipa de Lionel Messi de avançar para os oitavos-de-final. É um daqueles grupos onde parece existir um pequeno fosso entre uma equipa e todas as outras. Assim que se poderá esperar que a Argentina some três vitórias, deixando os restantes conjuntos a lutar por um lugar.

A Nigéria tem um plantel forte, enquanto a Bósnia-Herzegovina depende, em boa parte, do trabalho de Dzeko, apesar de apresentar um grupo de vários jogadores com rodagem em fortes ligas europeias. O Irão será a grande incógnita deste grupo, com Carlos Queiroz a apostar numa surpresa, que poderá acontecer, sobretudo, por ter alguma vantagem com o calendário a oferecer-lhe uma primeira e uma última jornada frente a equipas que estão ao seu nível.

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *