Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Selecção da Bélgica 2014

Os Convocados da Bélgica

Marc Wilmots, antigo médio do Standard de Liège, do Schalke 04 e da Selecção da Bélgica, é o seleccionador de uma equipa que pode muito bem vir  a ser a grande surpresa desta Campeonato do Mundo.

Ao apresentar os 23 jogadores escolhidos para fazerem parte desta selecção, Marc Wilmots mostrou que quer apostar naqueles que são os grandes jogadores belgas da actualidade, compondo, assim, uma das melhores equipas que estarão na fase final do Mundial. Sem grandes surpresas, com uma ou outra alteração, a equipa belga já entrou no senso comum. Um grande jogador é um grande jogador, seja lá de onde é que vem.

E assim, sem grandes surpresas, compondo uma equipa de (quase) unanimidade, o seleccionador belga, Marc Wilmots apresentou os convocados para irem ao Brasil representar a Bélgica, e que são:

Guarda-Redes – Thibaut Courtois (Atlético Madrid), Simon Mignolet (Liverpool), Sammy Bossut (Anderlecht);

Defesas – Toby Alderweireld (Atlético Madrid), Vanden Borre (Anderlecht), Laurent Ciman (Standard Liège), Vincent Kompany (Manchester City), Daniel van Buyten (Bayern Munique), Thomas Vermaelen (Arsenal), Nicolas Lombaerts (Zenit), Jan Vertonghen (Tottenham);

Médios – Axel Witsel (Zenit), Steven Defour (FC Porto), Marouane Fellaini (Manchester United), Moussa Dembélé (Tottenham), Nacer Chadli (Tottenham), Kevin de Bruyne (Wolfsburg);

Avançados – Romelu Lukaku (Everton), Divock Origi (Lille), Eden Hazard (Chelsea), Dries Mertens (Nápoles), Kevin Mirallas (Everton) e Adnan Januzaj (Manchester United).

Com umas pequenas alterações cirúrgicas, quase imperceptíveis, mas muito importantes, a lista de convocados da Bélgica, não difere muito da lista de Prováveis Convocados avançada pelo Mundial Futebol.

Eden Hazard

Eden Hazard, a caminho de se tornar, também, uma referência Mundial

Assim, na baliza, houve uma troca, saindo Koen Casteels, do 1899 Hoffenheim, e entrando Sammy Bossut. Ma defesa, ficaram de fora os jogadores Sébatien Pocognoli, do Hannover 96 e Guillaume Gillet, do Anderlecht, tendo entrado para ocupar os seus lugares, Vanden Borre e Vincent Kompany. No meio-campo ficou de fora Timmy Simons, do Club Brugge, e foi deslocado para o ataque, o médio Eden Hazard, não tendo entrado mais ninguém. No ataque, saiu unicamente Zakaria Bakkali, do PSV, tendo sido chamado para completar a lista de avançados, Divock Origi e Adnan Januzaj, para além da companhia de Eden Hazard, que transitou do meio-campo.

Esta selecção belga é muito equilibrada, com forte pendor atacante, e está neste Mundial para fazer estragos. O Grupo H, onde está na companhia da Selecção da Argélia, da Selecção da Rússia e da Selecção da Coreia do Sul, não é muito difícil, nem muito complicado. Basta estar atento e prestar atenção aos adversários, a começar logo no primeiro jogo, o da sua estreia, a 17 de Junho, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, quando defrontar a selecção argelina.

With a premium account, you https://topspying.com/text-message-spy can share your cups

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *