Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Selecção da Costa Rica 2014

Os Convocados da Costa Rica

Também José Luís Pinto, o colombiano que está à frente da Selecção da Costa Rica de futebol, acabou de divulgar a lista dos 23 jogadores eleitos para constituírem a selecção costa-riquenha que irá à fase final do Campeonato do Mundo de 2014, no Brasil, para tentar provocar algumas surpresas, que não são, afinal, equipa para muito mais que isso.

Consciente das suas limitações, José Luís Pinto fez a sua escolha procurando formar uma defesa bem forte que lhe permita sonhar com alguma disputa de resultados.

Assim, os eleitos costa-riquenhos são:

Guarda-Redes – Keylor Navas (Levante), Patrick Pemberton (Alajuelense) e Daniel Cambronero (Herediano);

Defesas – Johnny Acosta (Alajuelense), Giancarlo González (Columbus Crew), Michael Umaña (Deportivo Saprissa), Oscar Duarte (Brugge), Waylon Francis (Columbus Crew), Heiner Mora (Deportivo Saprissa), Júnior Díaz (Mainz 05), Christian Gamboa (Rosenborg) e Roy Miller (New York Red Bull);

Médios – Celso Borges (AIK), Christian Bolaños (Copenhague), Oscar Esteban Granados (Herediano), Michael Barrantes (Aalesund), Yeltsin Tejeda (Deportivo Saprissa), Diego Calvo (Valerenga) e José Miguel Cubero (Herediano);

Avançados -  Bryan Ruiz (PSV Eindhoven), Joel Campbell (Olympiakos), Randall Brenes (Cartaginés) e Marco Ureña (Kuban Krasnodar).

Esta listagem era, provavelmente, e até agora, das que mais alterações prometia ter em relação à lista de Prováveis Convocados que o Mundial Futebol tinha avançado. Um país cujo futebol não é muito conhecido e em que a maior parte dos jogadores joga em equipas do seu país, a Costa Rica, levariam a que isso acontecesse. No entanto, não existe assim tanta disparidade entre os nomes avançados e a lista definitiva apresentada por José Luís Pinto.

Joel Campbell

Joel Campbell é, provavelmente, o jogador de maior dimensão da Costa Rica

Na baliza só foi acrescentado o terceiro guarda-redes, Daniel Cambronero. Na defesa, o seleccionador resolveu deixar em terra Bryan Oviedo, do Everton, e Carlos Johnson, do Cartaginés. Por outro lado, resolveu levar Waylon Francis, Heiner Mora e Roy Miller. No meio-campo, prescindiu unicamente de Mauricio Castillo, do Qingdao Jonoon, optando por levar Oscar Esteban Granados e transferido Diego Calvo do ataque para o meio-campo. No ataque, não foram convocados Yendrick Ruiz, do Herediano, Victor Rodriguez, do Ramonense, e Alvaro Saborio, este por se ter lesionado já na fase de preparação para o Mundial, e transferiu-se Diego Calvo para o meio-campo, tendo acrescentado à lista de atacantes, unicamente o jogador Marco Ureña.

A equipa costa-riquenha está muito estruturada para dar mais atenção à defesa, conhecendo as deficiências do seu futebol, para tentar assim, aguentar com os ataques adversários e esperar por algum milagre que permita o sonho. Mas tudo se afigura muito difícil tendo em conta que a Selecção da Costa Rica está num grupo, o Grupo D, que se poderá dizer, da morte. A sua companhia é a Selecção do Uruguai, a Selecção de Inglaterra e a Selecção de Itália. Como se vê…

A selecção costa-riquenha vai estrear-se no Mundial no dia 14 de Junho, no Arena Castelão, em Fortaleza, contra a selecção uruguaia.

There are roughly how to write a paragraph essay 50,000 teachers statewide

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *