Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Selecção Francesa

Os Convocados de França

Já quase todos os países anunciaram extensas listas com pré-convocados, mas sem vontade de definir os 23 eleitos para o Campeonato do Mundo, com medo de lesões de última hora na recta final dos campeonatos e de encontros importantes como as finais da Liga Europa e da Liga dos Campeões.

Outros há que vão lançando os 23 escolhidos, deixando uma segunda lista com 7 jogadores de reserva para alguma eventualidade.

Ora, desses últimos, foi a vez da França arriscar. Didier Deschamps, o seleccionador gaulês fez saber quais os 23 eleitos para defenderem a tricolor no Brasil. E eles são:

Guarda-Redes – Hugo Lloris (Tottenham), Steve Mandanda (Olympique de Marselha), Mickaël Landreau (Bastia);

Defesas – Raphaël Varane (Real Madrid), Mamadou Sakho (Liverpool), Mathieu Debuchy (Newcastle), Laurent Koscielny (Arsenal), Lucas Digne (PSG), Eliaquim Mangala (FC Porto), Bacary Sagna (Arsenal) e Patrice Evra (Manchester United);

Médios – Yohan Cabaye (PSG), Paul Pogba (Juventus), Blaise Matuidi (PSG), Moussa Sissoko (Newcastle), Clément Grenier (Lyon), Rio Mavuba (Lille) e Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha);

Avançados – Karim Benzema (Real Madrid), Franck Ribéry (Bayern de Munique), Antoine Griezmann (Real Sociedad), Olivier Giroud (Arsenal), Loïc Rémy (Newcastle).

Mais uma vez, não há significativa surpresa na convocatória de Didier Deschamps para o Campeonato do Mundo de 2014, no Brasil.

No fundo, esta lista é muito próxima da que o Mundial Futebol tinha avançado na sua lista de Prováveis Convocados.

Franck Ribéry

Depois do castigo, Franck Ribéry é a esperança francesa

Na baliza, mantêm-se os mesmos 3 guarda-redes previstos. Na defesa é onde existe maior alteração. Deschamps prescindiu das participações de Gaël Clichy, do Manchester City, e de Éric Abidal, do Mónaco. Para compensar, acrescentou à lista os defesas Laurent Koscielny, Lucas Digne e Eliaquim Mangala, este último, defesa do Futebol Clube do Porto. No meio-campo saíram os médios Samir Nasri (a grande surpresa negativa desta convocatória), do Manchester City, e Dimitri Payet, do Olympique de Marselha. Franck Ribéry que aparecia na lista dos médios, no Mundial Futebol, aparece na lista de avançados, de Didier Deschamps. Avançados esses que mantêm os 3 previstos pelo Mundial Futebol, ao qual é acrescentado Franck Ribéry e Antoine Griezmann.

Esta selecção francesa é uma boa colecção de bons jogadores a que é preciso juntar a ideia de equipa. Esse é o trabalho de Didier Deschamps até começar o Campeonato do Mundo, e fazer com que a Selecção de França faça bem mais do que aquilo que tem vindo a fazer nos últimos anos, arrastando-se penosamente pelos campos.

De todas as formas, o seleccionador também avançou uma lista de 7 reservas que deverão estar aptos para substituir qualquer um dos convocados. E as reservas são: o guarda-redes Stéphane Ruffier (Saint-Étienne), os médios Rémy Cabella (Montpellier), Morgan Schneiderlin (Southampton), Benoît Trémoulinas (Saint-Étienne), Loïc Perrin (Saint-Étienne) e Maxime Gonalons (Lyon), e o avançado Alexandre Lacazette (Lyon). Estranho não haver defesas de reserva, se bem que alguns dos médios sejam de contenção e alguns possam fazer posições no eixo da defesa.

A selecção francesa está incluída no Grupo E, na companhia das Selecções da Suíça, do Equador e das Honduras. Não se podem queixar de ter um grupo complicado. Dider Deschamps tem tudo para passar à fase seguinte. Assim o seu grupo de trabalho e consiga.

To boost revenues www.essayclick.net/ for education,

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *