Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Selecção dos Estados Unidos

Os Convocados dos Estados Unidos da América

E pela primeira vez, o Mundial Futebol aposta numa estrela que acaba por não ser convocada.

Na lista de Prováveis Convocados, estava Landon Donovan, o melhor marcador da selecção norte-americana e, mesmo sendo já um veterano, ainda a grande referência desta selecção e do ataque dos Estados Unidos.

Mas o seleccionador, o alemão Jürgen Klinsmann trocou as voltas e não convocou aquele que ainda é, para muitos, a maior das estrelas norte-americanas de futebol. Assim, a lista dos 23 eleitos para representarem os Estados Unidos da América no Campeonato do Mundo do Brasil, em 2014, é a seguinte:

Guarda-Redes – Brad Guzan (Aston Villa), Tim Howard (Everton) e Nick Rimando (Real Salt Lake);

Defesas – DaMarcus Beasley (Puebla), Matt Besler (Sporting Kansas City), John Brooks (Hertha Berlin), Geoff Cameron (Stoke City), Timmy Chandler (Nürnberg), Omar Gonzalez (LA Galaxy), Fabian Johnson (Hoffenheim) e DeAndre Yedlin (Seattle Sounders);

Médios – Alejandro Bedoya (Nantes), Michael Bradley (Toronto FC), Brad Davis (Houston), Mix Diskerud (Rosenborg), Julian Green (Bayern de Munique), Jermaine Jones (Besiktas), Kyle Beckerman (Real Salt Lake) e Graham Zusi (Sporting Kansas City);

Avançados – Jozy Altidore (Sunderland), Clint Dempsey (Seattle Sounders), Aron Johannsson (AZ Alkmaar) e Chris Wondolowski (San Jose Earthquakes).

Jürgen Klinsmann, o seleccionador dos Estados Unidos, apresentam uma lista de convocados que mais altera a lista de Prováveis Convocados avançada pelo Mundial Futebol. A começar pela ex-estrela da companhia, Landon Donovan, mas continuando pelos outros grupos de jogadores, com excepção na baliza, onde Klinsmann convocou os 3 guarda-redes previstos. Ma na defesa, deixou de fora Clarence Goodson, dos San Jose Earthquakes, Edgar Castillo, do Atlas, e Michael Parkhurst, do Columbus Crew. Por outro lado, convocou as surpresas Matt Besler, John Brooks,

Jozy Altidore

Com a ausência de Landon Donovan, Jozy Altidore pode ser a estrela da companhia

Geoff Cameron, Timmy Chandler e DeAndre Yedlin. No meio-campo a diferença é menor. Não são convocados Joe Corona, do Tijuana, e José Francisco Torres, dos Tigres UANL. Por outro lado, Klinsmann acrescenta Michael Bradley e Julian Green, e convoca alguns elementos do meio-campo, para outras zonas do terreno, como Clint Dempsey, para o ataque e DaMarcus Beasley, para a defesa. No ataque, não convocou Eddie Johnson, do DC United e, a grande surpresa negativa, Landon Donovan, dos LA Galaxy, e a grande referência do ataque norte-americano dos últimos anos. Para os seus lugares, Klinsmann convocou Jozy Altidore e Chris Wondolowski, para além de Clint Dempsey que transita do meio-campo. E agora que Donovan ficou de fora, abrem-se os lugares de estrela para Jozy Altidore, um importante marcador de golos da selecção e, com muita expectativa, para a jovem promessa Aron Johannsson.

Ora, como a selecção norte-americana é adversária da selecção portuguesa, com quem vai medir forças no Grupo G, na fase inicial, só se espera que Jürgen Klinsmann se tenha equivocado ao deixar Donovan de fora e que os Estados Unidos não façam nada que possa entristecer os seus adversários de grupo.

Para além de Portugal, a Selecção dos Estados Unidos tem de defrontar a Selecção da Alemanha e a Selecção do Gana.

This doesn’t just hurt https://essay4today.com these teachers, mr

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *