Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Neymar no Brasil

Os Cromos do Mundial – Neymar

Há sempre um brasileiro entre os melhores do Mundo, no futebol.

Entre os possíveis candidatos para o Melhor Jogador do Campeonato do Mundo de Futebol de 2014, também haverá um brasileiro, com certeza, e poder-se-á escolher Neymar, que entretanto também já virou personagem de banda desenhada, criada por Maurício de Sousa e actuando ao lado de Chico Bento, que não se vai ao engano.

Seja em listas, estudos, gostos, análises, estatísticas ou por artes mágicas, há um grupo de grandes e excelentes jogadores brasileiros de sempre. Discutível, como tudo, mas mesmo assim, existente. Pode falar-se de Leonidas, Garrincha, Clodoaldo, Jairzinho, Pelé, Rivelino, Tostão, Careca, Falcão, Zico, Sócrates, Júnior, Toninho Cerezo, Valdo, Romário, Bebeto, Rivaldo, Ronaldo, Ronaldinho. Quase duas equipas de nível estratosférico, e não comporta guarda-redes. Neymar virá engrossar esta lista. E este Mundial calhou na altura ideal para Neymar. É no Brasil, já passou um ano a jogar na Europa, e já jogou na Liga dos Campeões. Cresceu. Tornou-se mais jogador. E no Campeonato do Mundo pode dar um ar da sua graça e mostrar porque o Barcelona tanto o quis. E porque no Brasil já o consideram o substituto do último craque (seja lá qual for, no Brasil há sempre um craque, um que já o foi e outro que está já para o ser). E tentar ombrear com Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

Como Tudo Começou

Não sendo filho de natureza espontânea, Neymar, o Junior, porque há um sénior, o seu pai, nasceu em 5 de Fevereiro de 1992, no município brasileiro de Mogi das Cruzes, na zona metropolitana de São Paulo. Começou por jogar, ainda criança, na Associação Atlética Portuguesa, também conhecida por Portuguesa Santista, de onde se mudou para o Santos Futebol Clube, equipa que também foi de Pelé. Aí cresceu, profissionalizou-se, deu nas vistas e caiu no goto do Barcelona, clube de Espanha, para onde haveria de se mudar em 2013. Mas já antes, alguns anos antes, Neymar passou pelas escolas do Real Madrid, que queria ficar com ele, mas o Santos não permitiu. Já pressentia um predestinado e, consequentemente, uma galinha dos ovos de ouro. Que o foi.

Estreou-se, profissionalmente, aos 17 anos, com a camisola do Santos, para o Campeonato Paulista. Uma semana depois marcou o seu primeiro golo como profissional. E disputou a sua primeira final contra o Corinthians.

Campeão Paulista em 2010, Neymar marcou, nesse ano, 3 golos contra o São Paulo, para além de também marcar aos grandes adversários do

Neymar no Santos

Foi no Santos que Neymar deu nas vistas ao Mundo

Santos: Palmeiras e Corinthians. Ainda em 2010, Neymar ganhou a Copa Brasil, garantiu a qualificação para a Taça Libertadores e depressa se começou a falar da sua vinda para a Europa. O destino seria o Chelsea mas, mais uma vez, o Santos conseguiu que Neymar continuasse no Brasil. E Pelé deu uma ajudinha.

Foi também em 2010 que Neymar se estreou na principal selecção brasileira de futebol, depois de ter andado pelas selecções dos mais novos, assinalando essa data com o seu primeiro golo. Foi contra a selecção dos Estados Unidos, em Nova Jérsia.

Em 2011, foi a confirmação de Neymar. Considerado o melhor jogador a actuar no Brasil, Neymar ajudou o Santos a tornar-se bi-campeão Paulista e, mais importante ainda, a ganhar a Taça Libertadores, 48 anos depois, contra o Peñarol, e com um golo do próprio Neymar na vitória, em casa, por 2 a 1, depois do 0 a 0 em Montevideo, e garantindo o Mundial de Clubes para o Santos. Na final do Mundial de Clubes, o Santos foi derrotado por 4 a 0 pelo Barcelona e Neymar, foi completamente anulado por Puyol. Mas conseguiu ser considerado o terceiro melhor jogador do torneio.

No seguimento de todas as boas prestações, Neymar é convocado para a selecção brasileira para jogar na Copa América, o seu primeiro torneio. Depois de ter vencido a Taça Libertadores com o Santos, a sua equipa, Neymar apareceu na Copa América como a virtual estrela do torneio. Mas as coisas não correram bem, nem para Neymar, nem para a selecção brasileira, afastada nos quartos-de-final pela selecção do Paraguai, na marcação de grandes penalidades.

Mas a fraca participação da Selecção do Brasil na Copa América não ofuscou as suas outras conquistas ao longo do ano, e que levaram Neymar a conseguir ser o primeiro atleta a jogar na América do Sul a ser indicado para o Bola de Ouro FIFA 2011.

O sucesso e a confirmação de Neymar continuam por 2012 fora. Ajuda o Santos a conseguir o tri-campeonato Paulista. Mas não consegue voltar a ganhar a Taça Libertadores, perdendo, nas meias-finais, contra o Corinthians que seria o futuro campeão da Libertadores. No entanto, nesse ano Neymar torna-se o melhor marcador do Santos após a época gloriosa de Pelé. Em 2012, Neymar fez ainda parte da equipa olímpica de futebol que esteve nos Jogos Olímpicos de Londres e onde conquistou uma medalha de prata, correspondendo ao segundo lugar na prova. Depois de uma muito boa fase de grupos, com 3 vitórias em 3 jogos, por 3 a 2 ao Egipto, com 1 golo de Neymar, por 3 a 1 à Bielorrússia, também com 1 golo de Neymar e por 3 a 0 à Nova Zelândia, a selecção olímpica brasileira continuou a vencer nos quartos-de-final, de novo com 3 a 2 sobre as Honduras, e de novo com 1 golo de Neymar, e outra vez, nas meias-finais, por 3 a 0 sobre a Coreia do Sul. Só perderia um jogo, o da final, perante a selecção olímpica do México, por 2 a 1, com o golo brasileiro a ser marcado por Hulk, então no Futebol Clube do Porto, e um dos três jogadores brasileiros com mais de 23 anos.

E depois de tudo isto, o destino de Neymar é o Mundo.

E como Tudo Continuou

Mas quando o destino é o Mundo, há sempre muita gente a querer ganhar com isso. E foi o que se passou com Neymar. Meses de vai-não-vai para o Barcelona, com o Real Madrid a oferecer mais que o clube catalão, mas afinal Neymar já tinha sido pago para assinar um contracto promessa algum tempo antes e depois, o que se veio a saber há pouco tempo, o valor da transferência de Neymar do Santos para o Barcelona, com a mediação da Neymar Marketing Limited, empresa do pai de Neymar, a ser muito superior ao que tinha sido previamente avançado. Nódoas e vergonhas que não mudam o fundamental: Neymar é um fora-de-série. Neymar é um verdadeiro cromo da bola.

E por isso, e especialmente por isso, por Neymar ser um fora-de-série, um craque, um cromo da bola, que estiveram mais de 50 mil pessoas no Camp Nou só para o ovacionarem na sua apresentação. Que sejas bem-vindo, Neymar. E que tenhas toda a sorte do Mundo. A sorte que também acompanha o Barcelona.

E a sorte chegou. A estreia de Neymar pelo Barcelona foi contra o Santos, a sua anterior equipa. Neymar entrou na segunda parte. O Barcelona

Neymar no Barcelona

O Barcelona oferece a Neymar a possibilidade de conquistar tudo

goleou o Santos por 8 a 0. Na primeira vez que defrontou o Real Madrid, para La Liga, o Barcelona ganhou por 2 a 1 e Neymar marcou um dos golos da equipa catalã. E, na Liga dos Campeões, o Barcelona goleou o Celtic de Glasgow por 6 a 1 e Neymar fez o seu primeiro hat-trick. A sorte também se procura. Ou então, basta realmente ser-se bom.

Mas entretanto, e pelo meio, já jogador do Barcelona, aconteceu a Taça das Confederações, em 2013. Na fase de grupos, o Brasil venceu as selecções do Japão, por 3 a 0, do México, por 2 a 0 e de Itália, por 4 a 2, e em todos os jogos da fase de grupos, Neymar marcou um golo, sendo que o golo contra o Japão aconteceu logo aos 3′ de jogo. Nas meias-finais, a selecção brasileira encontrou-se com um velho e difícil adversário, o Uruguai, mas levou-o de vencida por 2 a 1. E na final, a selecção do Brasil cruzou-se com a actual selecção campeã do Mundo, a espanhola. E o Brasil ganhou por 3 a 0, de novo com um golo de Neymar que acabaria por ganhar a Bola de Ouro (Melhor Jogador) e a Chuteira de Bronze (Terceiro Melhor Marcador) do torneio.

Já no início deste anos, Neymar ficou um mês afastado dos relvados por lesão. Quando voltou à companhia dos grandes, Neymar marcou um golo ajudando à goleada de 6 a 0 sobre o Rayo Vallecano.

Mesmo não se livrando se algumas polémicas que o têm acompanhado desde que começou a dar nas vistas na equipa principal do Santos até ao negócio obscuro com o Barcelona, é inegável que Neymar é um craque da bola, com um destino grandioso, saiba ele agarrá-lo.

O Campeonato do Mundo de 2014, onde também vão estar Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Franck Ribéry, Iniesta e outras estrelas, será a altura certa para ver o quanto é que Neymar poderá brilhar num firmamento tão luminoso quanto esse. Vamos a ver.

Moreover, as the consumer portable appliances tend to www.topspyingapps.com/thetruthspy/ be used both indoor and outdoor, the systems for face recognition may be ineffective

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *