Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
sao_paulo_monumento_ipiranga640x320

Sedes do Mundial – São Paulo

São Paulo, a cidade mais populosa do Brasil, do Continente Americano e de todo o Hemisfério Sul, foi uma das escolhidas para ser sede do Campeonato Mundial de Futebol de FIFA do próximo ano. E quando o dia 12 de Junho de 2014 chegar, os olhos do mundo vão estar pregados na Arena de São Paulo. No estádio ou pela televisão, todos estaremos a assistir ao jogo inaugural do Mundial do Brasil.

Em 2010 o Corinthians preparava a construção do seu novo estádio, em Itaquera, quando o Comité Organizador da Copa o indicou como possível localização do jogo de abertura da competição. Para tudo e reformula-se o projecto, de modo a acomodar as exigências da FIFA, nomeadamente alterar a capacidade de 48 para 68 mil lugares. Entretanto foram confirmados para a Arena de São Paulo a partida inaugural e 3 outras da Fase de Grupos (B, D e H), um jogo dos oitavos e outro das meias-finais.

A História

São Paulo foi criada em 1554, por padres jesuítas, entre os quais Manuel da Nóbrega e José de Anchieta. Escolheram esta localização privilegiada, que lhes recordava o clima temperado de Espanha, para fundarem um colégio onde pudessem catequizar os indígenas. Deram-lhe o nome de Colégio de São Paulo de Piratininga por ter sido fundado no dia em que a Igreja Católica comemora a conversão do apóstolo Paulo de Tarso. O povoamento propriamente dito teve início a 1560 quando o então Governador-geral do Brasil, Mem de Sá, para ali ordenou o realojamento dos habitantes da Vila de Santo André da Borda do Campo. Assim, o Pátio do Colégio de São Paulo passou a Vila de São Paulo, pertencente à Capitania de S. Vicente. Durante cerca de dois séculos permaneceu a única vila existente no interior do Brasil, pobre em virtude do isolamento relativamente ao litoral. Naqueles tempos era dificílimo subir e transpor a Serra do Mar, a pé e sem caminhos, até ao Planalto de Piratininga.

Avenida Paulista

A Avenida Paulista é o coração da cidade

A região era tão empobrecida que nem sequer tinha meios para comprar escravos africanos e pode-se dizer que o movimento do Bandeirantes nasceu da necessidade de arranjar mão-de-obra escrava mais barata. As incursões pelo território interior serviam para arrebanhar índios e procurar riquezas minerais, como ouro, prata e até diamantes. Indirectamente, essas deslocações serviam também para mapear áreas desconhecidas do Brasil, que há época se resumia à sua faixa litoral atlântica. A descoberta de ouro em Minas Gerais, na última década do século XVII mudou tudo para esta região. Em 1709 foi criada a nova Capitania Real de São Paulo e dois anos mais tarde a vila ascendia à categoria de cidade. Em seguida os Bandeirantes descobriram jazidas de ouro onde hoje se encontram Cuiabá e Goiás, o que conduziu à expansão do território brasileiro para além da Linha de Tordesilhas.

Quando, em finais do séc. XVIII, o ouro acabou, começou a produção da cana-de-açúcar. Para poder escoar o produto foi construída a primeira estrada digna desse nome, a “Calçada do Lorena”, que ligava São Paulo ao Porto de Santos. Quando a indústria do açúcar entrou em declínio, o café ocupou o seu lugar. Assim, a Província Paulista soube sempre antecipar a próxima alavanca capaz de manter o crescimento e dinamismo económico e social. É neste altura que se assiste à chegada de um grande número de imigrantes, especialmente italianos, para trabalhar nas roças de café e demais indústrias ali instaladas. Com a crise do café na década de 30 e as restrições ao comércio internacional durante a II Guerra Mundial, São Paulo teve, mais uma vez, que reinventar o seu tecido produtivo. Novo surto industrial, a região absorve o fluxo migratório oriundo do Nordeste e passa a produzir para o mercado interno. Nos últimos 30 anos tem-se vindo a transformar numa cidade predominantemente terciária, uma metrópole de serviços e negócios. A Avenida Paulista, espelho e metáfora do que São Paulo é e representa, começando pela escala. Só nesta rua estão registados 200 mil moradores. A artéria concentra multinacionais (63% das que estão instaladas no Brasil), bancos (17 dos 20 maiores bancos), hotéis, consulados, museus, colégios, restaurantes e centros comerciais. Ou dito de outro modo, dimensão, poderio económico e financeiro, influência, educação e cosmopolitismo.

São Silvestre e Muita Cultura

São Paulo é também a cidade dos eventos. Na Capital Paulista acontece “a” Corrida de São Silvestre, cuja prova feminina Rosa Mota ganhou por 6 vezes nos anos 80, feito que ainda ninguém repetiu. Também organiza o Grande Prémio do Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, a Bienal Internacional de Artes de São Paulo ou a São Paulo Fashion Week, uma das mais importantes semanas de moda do mundo. Aliás, é a capital sul-americana das feiras de negócios.

São Paulo - São Silvestre

A São Silvestre de São Paulo

A Capital Paulista foi berço para bandas como Os Mutantes ou Os Titãs e de cantoras internacionalmente famosas como Maria Rita ou Maria Gadu. Na Literatura, talvez o nome de Monteiro Lobato não diga muito mas poucos ficarão indiferentes se disser que os seus livros para crianças e jovens deram origem à série televisiva “O Sítio do Pica-pau Amarelo”.

Como no resto do Brasil e do mundo, também aqui o futebol é rei incontestado. O Trio de Ferro da cidade de São Paulo está no Top 5 dos clubes brasileiros com mais adeptos: Corinthians 2º; São Paulo, 3º; Palmeiras, 5º. Se a estes juntarmos o outro clube paulista de referência, o Santos, em 7º, podemos imaginar a massa de gente que o desporto movimenta no Estado. A rivalidade entre os emblemas é tremenda e os embates têm até direito a nome próprio. O Clássico Alvinegro é a partida entre Corinthians e Santos, ambos equipam de branco e preto. É uma história antiga, começou em 1913 com a vitória do Santos por 6-3. Realizou-se por 312 vezes, sendo 124 a favor do Corinthians, 98 do Santos e 90 empates! Já o Derby Paulista é entre Corinthians e a Sociedade Esportiva Palmeiras, os grandes rivais entre os clubes de São Paulo. Os confrontos entre os dois já serviram para decidir o acesso à final da Libertadores, o Campeonato Paulista e o Brasileirão, até mesmo o Torneio Rio-São Paulo. O embate entre Corinthians e São Paulo recebeu o magnífico nome de Magestoso – as segundas e terceiras maiores “torcidas” do Brasil frente a frente! O Corinthians ganhou 118, o São Paulo 100 e empataram 99 jogos. O último, já este ano, para o Brasileirão saldou-se por um 0-0.

The students who homework-writer.com scored 74 percent, barely qualifying for the tutoring, and those who scored 76 percent, just out of the pool, start from a nearly identical point, statistically

Outros Artigos Recomendados

1 Comentário

Deixe um comentário
  1. FirstTabitha
    Dez 30, 2017 - 10:11 AM

    I see you don’t monetize your blog, don’t waste your traffic, you can earn extra cash
    every month because you’ve got hi quality content. If you
    want to know how to make extra bucks, search for: Boorfe’s tips best adsense alternative

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *