Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Selecção da Costa do Marfim

Selecção da Costa do Marfim

A selecção de futebol da Costa do Marfim é considerada uma das melhores e mais fortes equipas de África. Em 2010, no Campeonato do Mundo da África do Sul, o grupo da morte era composto por Brasil, Portugal, Coreia do Norte e Costa do Marfim.

Mas a selecção costa-marfinense só almejou um Campeonato do Mundo, pela primeira vez, em 2006, no Mundial da Alemanha.

A primeira selecção africana a chegar a uma final do Campeonato do Mundo foi a selecção egípcia, em 1938, no Mundial de França. Depois, o Egipto só lá voltou em 1990, no Campeonato do Mundo de Itália.

Só 32 anos mais tarde voltaria uma selecção africana a outra fase final de um Mundial. Seria a selecção marroquina, em 1970, no Campeonato do Mundo do México. A partir daqui, nunca mais faltaria uma equipa africana nos Campeonatos do Mundo de Futebol. E, a partir de 1982, no Mundial de Espanha, passariam a ser duas, as equipas africanas nos Campeonatos do Mundo.

Hoje, na antecâmara do Campeonato do Mundo de 2014, no Brasil, são cinco, as equipas africanas na fase final. E a Costa do Marfim é uma delas.

História da Selecção

A história da selecção da Costa do Marfim, nos grandes palcos internacionais, começa em 2006, com a sua primeira qualificação para uma fase final de um Campeonato do Mundo. Era na Alemanha e, desde 1998 que eram qualificadas cinco selecções africanas para as fases finais. Mas a equipa costa-marfinense sempre teve muitas dificuldades em se qualificar, talvez motivado por uma selecção feita manta de retalhos, com jogadores espalhados por todo o lado, a maior parte em campeonatos europeus, e que só se encontravam para os jogos de qualificação.

Fédération Ivoirienne de Football

A Fédération Ivoirienne de Football foi criada em 1960

Mas em 2006 lá está a selecção da Costa do Marfim numa fase final. Calhou no grupo da morte. Teve azar. Argentina, Holanda e Sérvia e Montenegro. Uma vitória e duas derrotas. Cinco golos marcados e seis sofridos. Perdeu por 2 a 1, com a Argentina e Holanda. No primeiro jogo marcou Didier Drogba, no segundo, Arouna Koné. O terceiro jogo, com a Sérvia e Montenegro, ganhou-o por 3 a 2, com golos de Aruna Dindane (2) e Bonaventure Kalou. Fizeram as malas, mas prometeram voltar no próximo Mundial.

E voltaram. Em 2020, na fase final do Campeonato do Mundo da África do Sul, lá estava de novo a selecção costa-marfinense. E de novo, num grupo da morte. Desta vez com uma vitória, um empate e uma derrota. E cinco golos marcados contra 3 golos sofridos. Ganharam por 3 a 0 à Coreia do Norte, com golos de Yaya Touré, Romaric e Salomon Kalou. Empatou a zero com a selecção portuguesa e perdeu por 3 a 1, com a selecção brasileira, com golo de Didier Drogba. E de novo a serem afastados nas fase de grupos. Mas, de novo, a prometer voltar.

E aí estão eles de novo, no seu terceiro Mundial, depois de uma fase de qualificação em que acumularam quatro vitórias e dois empates, num grupo que partilharam com Marrocos, Tanzânia e Gâmbia. E agora, vamos ver o que fazem na fase de grupos com a Colômbia, a Grécia e o Japão.

Outros Palcos

Mas a selecção costa-marfinense tem mais e melhor vida para além dos Campeonatos do Mundo de Futebol.

Tem uma Medalha de Ouro e outra de Prata, ganhas nos Jogos da Francofonia. Ganhou, por uma vez, a Taça das Nações Africana e ficou, por duas vezes, em segundo lugar. Ganhou por três vezes a Taça da Communauté Economique des Etats de l’Afrique de l’Ouest, que se disputou entre 1983 e 1991. Ganhou, ainda, uma Medalha de Bronze nos Jogos Pan-Africanos e ficou em quarto lugar numa Taça das Confederações.

Treinador

Sabri Lamouchi

Antigo jogador, Sabri Lamouchi iniciou-se como treinador na selecção

Sabri Lamouchi é um antigo jogador francês, de origem tunisina, que jogou em clubes como o Auxèrre, o Mónaco e o Marselha, em França, tendo ainda passado pelo Campeonato Italiano, onde alinhou pelo Parma, pelo Inter e pelo Génova antes de se aventurar pelo Catar no final da sua carreira. Foi várias vezes escolhido para representar a selecção francesa, mas não chegou a ser campeão do Mundo nem da Europa.

Desde 2012 é o seleccionador da Costa do Marfim. Enfrentou as últimas fases da qualificação e conseguiu levar a equipa costa-marfinense à fase final do Campeonato do Mundo de 2014 onde também vai estar.

Este é o primeiro desafio de Sabri Lamouchi enquanto treinador de futebol. Não se está a dar mal. Mas vamos ver o que o Brasil reserva a esta surpresa à frente dos destinos da Costa do Marfim.

Prováveis Convocados

Guarda-redes – Copa, Sylvain Gbohouo;

Defesas – Sèrge Aurier, Souleymane Bamba, Arthur Boka, Kolo Touré, Ousmane Viera, Benjamin Angoua;

Médios – Cheick Tioté, Serey Die, Didier Zokora, yaya Touré, Jean-Jacques Gosso, Bobley Anderson, Koffi Romaric;

Avançados – Didier Drogba, Salomon Kalou, Gervinho, Lacina Traoré, Max-Alain Gradel, Giovanni Sio, Kader Keita, Wilfried Bony.

As Estrelas

Esta selecção costa-marfinense é uma manta de retalhos espalhada por toda a (ou quase) Europa. Do Trabzonspor, da Turquia, ao Manchester City, de Inglaterra, vai todo um grande Mundo para os jogadores da Costa do Marfim.

Yaya Touré

Aos 30 anos, Yaya Touré ainda é uma peça chave na selecção

A sua estrela era, e ainda é, Didier Drogba. Aos 35 anos, a jogar no Galatasaray, da Turquia, ainda continua a ser o avançado irrequieto e irreverente que sempre foi, mas agora num campeonato menos mediático a dar menos nas vistas. Mas continua mortal frente à baliza.

Estrela também é, mas em ascensão, o avançado Gervinho. No Roma, de Itália, está a tornar-se, também ele, um matador. Mas ainda está em fase de crescimento.

A estrela para este Campeonato do Mundo será Yaya Touré, médio do Manchester City e que, com 30 anos, está entre um e outro das grandes estrelas desta selecção. Médio de grande visão de jogo, e que também marca golos, é de quem se espera que jogue e faça jogar nesta equipa costa-marfinense. Excelente olhar e muito bom passe, aliado a um bom drible,faz de Yaya Touré um dos grandes jogadores deste Mundial e da selecção da Costa do Marfim.

Equipamentos

Costa do Marfim A 2014 Costa do Marfim B 2014

But he did not address https://www.order-essay-online.net/ the specific education programs targeted for reductions

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *