Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Paulo Bento

Será que à terceira é de vez?

Paulo Bento e a Selecção Nacional de Futebol já iniciaram a preparação para o confronto com o Gana, agendado para a quinta-feira próxima, pelas 17h00 no Estádio Nacional de Brasília. O confronto entre portugueses e ganeses é decisivo para as contas deste Grupo G do Mundial do Brasil, mas a realidade é que nem Portugal, nem Gana, dependem exclusivamente de si próprios para seguirem em frente na prova. Um empate entre Alemanha e Estados Unidos, por exemplo, arruma de imediato com qualquer possibilidade de qualificação de ambas as selecções, restando a esperança e crença de que isso não irá acontecer no outro jogo, caso contrário, Portugal e Gana jogarão simplesmente para cumprir calendário.

Para este confronto com os Ganeses, Paulo Bento conta com 4 baixas importantes. Rui Patrício, Hugo Almeida, Hélder Postiga e André Almeida, estão todos indisponíveis para o jogo e em fase de recuperação, apoiados pelo preparador físico António Gaspar, com o qual vão realizando trabalho condicionado a fim de recuperarem a tempo do confronto decisivo com o Gana. Certo é que Pepe estará de volta aos convocados e muito provavelmente ao onze inicial, depois de ter cumprido uma partida de castigo frente aos Estados Unidos, após expulsão no jogo de estreia frente à Alemanha.

Até ao momento, esta é a pior campanha de Portugal em fases finais de Campeonatos do Mundo. Nem no México 86 a Selecção Nacional conseguiu tão poucos pontos, ao vencer a Inglaterra logo no jogo de estreia. Mas ainda assim, Portugal continua a ter hipóteses de qualificação, matematicamente falando, caso um conjunto de situações aconteçam, todas elas a favor da Selecção das Quinas. É que Portugal não depende apenas de uma goleada ao Gana para passar à fase seguinte. Depende também de uma vitória da Alemanha, que até poderá melhorar consideravelmente as contas da qualificação, caso os Alemães consigam golear os Norte Americanos. Vejamos:

Cenários possíveis de qualificação:

Para se qualificar neste Grupo G, Portugal terá de conseguir vencer o Gana e esperar que a Alemanha vença os Estados Unidos. Como a Selecção Nacional apresenta um saldo entre golos marcados e sofridos de -4 (menos quatro), isso significa que terá de anular essa desvantagem para os Estados Unidos, que se apresentam com um saldo de +1 (mais um), para então, em caso de vitória sobre o Gana e derrota dos Norte Americanos, conseguir uma milagrosa qualificação para os oitavos-de-final da competição. Vejamos então os possíveis cenários de qualificação:

  • Portugal 4-0 Gana e Alemanha 1-0 Estados Unidos
  • Portugal 3-0 Gana e Alemanha 2-0 Estados Unidos
  • Portugal 2-0 Gana e Alemanha 3-0 Estados Unidos
  • Portugal 1-0 Gana e Alemanha 4-0 Estados Unidos
  • Portugal 5-0 Gana e Alemanha 0-4 Estados Unidos

A Selecção Nacional não se qualificará para os oitavos de final da competição, caso não vença o Gana, ou, caso Alemanha e Estados Unidos empatem.

Caso Portugal vença o Gana por 2-0 e os Estados Unidos percam com a Alemanha por 3-0, ambas as Selecções ficarão empatadas em todos os critérios de desempate da FIFA, incluindo diferença entre golos marcados e sofridos, golos marcados, golos sofridos e pontos, o que obrigaria a FIFA a realizar um sorteio para saber qual das equipas se apura para a fase seguinte da competição.

Mudar ou não mudar…eis a questão!

Paulo Bento com muitos problemas para resolver

Paulo Bento com muitos problemas para resolver

Depois das paupérrimas exibições frente à Alemanha e Estados Unidos, Paulo Bento tem claramente a “cabeça a prémio”. Inclusive, o técnico nacional já referiu que caso Portugal não passe à próxima fase da competição, o seu lugar ficará à disposição, demitindo-se automaticamente o cargo. Portanto, Paulo Bento tem na mão a possibilidade de mudar o esquema táctico de Portugal para um confronto que se avizinha muito complicado, frente a um Gana que demonstrou à Alemanha a sua raça.

Miguel Veloso e Raul Meireles têm demonstrado estar muito abaixo das suas capacidades. William Carvalho fez uma segunda parte de grande nível frente aos Estados Unidos e proporciona a Paulo Bento uma maior consistência no meio campo defensivo da Selecção Nacional. Mas Paulo Bento teima em não ver isso, e a questão sobre mudar ou não mudar, permanece. Nani demonstrou na última partida que é um médio capaz de resolver um jogo, mas Varela entrou também muito bem na partida e salvou Portugal da eliminação no último lance do jogo. Do lado esquerdo da defesa, continuam a persistir os problemas também. André Almeida lesionou-se, depois de Fábio Coentrão ter feito as malas. Miguel Veloso é claramente um jogador a menos naquela posição, e Paulo Bento tem em Ricardo Costa ou Neto, a possibilidade de equilibrar a linha defensiva.

O que vai fazer, ou não fazer Paulo Bento, ainda não se sabe. Mas uma coisa é certa, esta Selecção Nacional precisa claramente de mudanças, em especial no meio campo, caso contrário, não será nem necessária a utilização da calculadora frente ao Gana, que já demonstrou estar interessado em conseguir a qualificação para os oitavos-de-final, nem que os seus atletas tenham de morrer em campo.

A Selecção Nacional tem conferência de imprensa marcada para o dia de hoje, com o vice-presidente da Federação e o Médico da Selecção. O jogo frente ao Gana, está marcado para a próxima quinta-feira, pelas 17h00, no Estádio Nacional de Brasília.

Still, chiefly adults are feeling the pressure from the high-stakes nature of http://pro-homework-help.com tests

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *