Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
argelia

Treinador da Argélia: “Não viemos ao Brasil como turistas”

Vahid Halilhodzic, treinador da Seleção da Argélia, mostra ambição para o Mundial 2014 e elogia a prestação da equipa argelina no jogo amigável contra a Roménia.

A Seleção da Argélia, que chegou ao Brasil no passado domingo e voou diretamente para o interior de São Paulo, onde ficará hospedada, tem grandes expectativas para a maior competição mundial de futebol que aí se avizinha. Nas palavras do treinador argelino, e também antigo jogador de futebol, ele e a sua equipa estão ”à espera deste momento há três anos e trabalhámos duro para chegar até aqui. Toda a disposição apresentada anteriormente mostra que estamos prontos para competir no Mundial. Estamos aqui para tentar passar da primeira fase. Agora, se a nossa equipa é capaz de fazer isso, é difícil dizer.”

Ainda sobre o jogo na passada quarta-feira em Genebra, na Suíça, onde a Seleção da Argélia venceu a Roménia por 2-1, naquele que foi o último jogo amigável da equipa antes viajar até ao Brasil, o treinador acrescenta: “Deu-nos muita satisfação. Agora temos de continuar a trabalhar no Brasil uma maneira de resolver os acertos finais antes do nosso primeiro jogo na competição” – frisou.

Sobre o confronto com a Bélgica, na próxima terça-feira, dia 17 de Junho, em Belo Horizonte, o treinador da seleção espera um grande jogo e acha que a equipa poderá vir a surpreender pela positiva.

“Nós não podemos dizer que a Bélgica é mais forte do que nós, mas num jogo qualquer coisa pode acontecer. Se realmente queremos vencer, temos de fazer um jogo excepcional.”

Ghilas também mostra vontade de ir longe na competição

Não é só o treinador argelino que espera levar a equipa longe na competição. Nabil Ghilas, jogador da Seleção da Argélia e atual avançado do Futebol Clube do Porto, também referiu a sua vontade de ir longe na competição numa conferência de imprensa realizada depois do primeiro treino aberto na manhã do dia de ontem.

“Eu sei que a Bélgica é apontada como favorita e nós sabemos o futebol que ela tem apresentado, mas viemos aqui para ganhar e vamos fazer de tudo para que isso aconteça” – frisou o argelino sobre o adversário que irá enfrentar na próxima terça-feira, o primeiro do grupo, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, garantindo ainda que a seleção da Argélia veio para o Mundial – o quarto em que participa – para conquistar um marco inédito para o futebol argelino: o de conquistar uma vaga nos oitavas de final.

Quando questionado sobre qual a sensação de participar num Mundial de Futebol no Brasil, o jogador não conteve a emoção.

“Todos os jogadores querem jogar aqui no Brasil, é sensacional. Foram os brasileiros que inovaram o futebol. Eu não tenho palavras para dizer como é bom poder jogar aqui” – disse.

Tido como um dos grupos mais fáceis do Mundial 2014, a Seleção da Argélia irá defrontar ainda dentro na primeira fase a Coreia do Sul e a Rússia, em Porto Alegre e Curitiba respectivamente.

Both organizations focus on website write essay equity for all children in public education

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *