Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
Uruguai 1 x Italia

Uruguai leva a melhor e segue para os oitavos

No Estádio Arena das Dunas, em Natal, defrontaram-se as antigas campeãs do Mundo, Itália e Uruguai, agora figurantes no agrupamento D do Campeonato do Mundo 2014, onde figuram ainda Costa Rica e Inglaterra. As duas protagonistas desta partida dividem o 2º posto com 3 pontos, sendo por isso este jogo essencial para decidir quem fica e quem passa à próxima fase, visto que, à partida para o encontro, a Costa Rica com 6 pontos e a Inglaterra com 0 tinham já os seus futuros definidos.

1ª Parte

O jogo começou algo dividido mas com o Uruguai a tentar jogar mais em cima da equipa italiana, o que acabou por resultar numa sequência de livres que levaram algum perigo à baliza de Buffon. Depois deste ímpeto inicial por parte dos sul-americanos, o jogo voltou a estabilizar e a Itália procurou chegar à frente, mas as oportunidades de maior perigo acabaram sempre por acontecer de bola parada.

A Itália conseguiu então assumir a posse da bola e começou a dominar o espaço de jogo. No entanto, nada disto trás vitórias e as chances eram as mesmas para ambos os conjuntos. Quando os italianos conseguiam chegar à frente, o Uruguai acabava por responder, com Cristian Rodríguez sempre em destaque a levar a bola até à área de Buffon onde o perigo aparecia em igual modo ao criado pela Itália.

Esta primeira parte jogo acabaria mesmo por seguir até ao final sem grandes incidências, com ambas as equipas a mostarem-se muito encaixadas o que, para além de dificultar o jogo adversário, também tornava difícil o jogo próprio.

2ª Parte

Para o 2ª tempo a Itália voltou com Marco Parolo no lugar de Mario Balotelli e o Uruguai com Maxi Pereira, que havia sido expulso na 1ª partida, no lugar de Nicolas Lodeiro. Apesar do jogo continuar dividido, Uruguai parecia ter entrado melhor nesta 2ª parte, conseguindo mesmo à passagem do minuto 58′ a melhor oportunidade de todo o jogo com Cristian Rodríguez a rematar ao lado. Na resposta italiana, Claudio Marchisio, num lance inexplicável acabou por ver o vermelho directo, supostamente por uma agressão a Arévalo Ríos.

Dividido: foi como foi o jogo durante o 1º tempo.

Duro e dividido: foi como foi o jogo durante o 1º tempo.

Após a expulsão a Itália retraiu-se e permitiu mais espaço ao Uruguai, logo aos 65′ minutos Suaréz furou a defensiva italiana e desferiu um potente remate que pôs à prova Buffon. Desta forma sobrava também mais espaço nas costas dos médios, e até mesmo dos defesas uruguaios, pelo que, por intermédio de passes longos, a Itália começou a conseguir chegar com maior perigo à frente, ainda que houvessem, no máximo, três jogadores Azzurra na frente de ataque.

No entanto, foi preciso pouco tempo para que as respostas italianas fossem reduzidas a nada, conseguindo então o Uruguai chegar-se à frente sem ter que se preocupar com a defesa. Assim, à passagem do minuto 80′, de um canto muitíssimo bem cobrado, o central do Atlético de Madrid, Diego Godín cabeceou para o fundo das redes italianas, 1-0 e o Uruguai passava à frente da Itália.

Conclusão:

Este acabou então por ser um jogo manchado pela questionável decisão do árbitro em expulsar Claudio Marchisio. Depois desse acontecimento o jogo ficou completamente dominado pelo Uruguai que, depois de tanta insistência, foi na cobrança de um canto que acabou por conseguir o golo do triunfo. Assim, o Uruguai ultrapassa a Itália na tabela, ficando com 6 pontos e enviando os Azzurra de regresso à Europa, juntamente com a quarta figurante do grupo, a Inglaterra. Aos uruguaios resta agora saber qual o vencedor do Grupo C para ficar definida a partida 50 deste Mundial do Brasil.

Malik barrett looks over his vocabulary homework, part https://www.homework-writer.com of the striving readers program

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *