Última Hora

• Nenhum artigo encontrado
danny welbeck lesionado

Welbeck em perigo para o ataque à Itália

O avançado Danny Welbeck é uma das figuras ofensivas desta Seleção Inglesa, sendo também um dos favoritos do técnico Roy Hogdson que lhe concedeu a sua primeira internacionalização, já em Junho de 2012.

Tendo a Inglaterra o seu primeiro grande embate deste Mundial já no Sábado, diante da Itália, Hogdson havia já começado a traçar um plano de ataque à defensiva Azzurri, o que está neste momento comprometido devido a uma lesão do avançado do Manchester United que era peça fulcral nesse plano. A ideia de Roy Hogdson passa por conseguir dar uma grande resposta em contra-ataque às ofensivas italianas visto que a defesa destes, quando composta, é quase impenetrável.

Raheem Sterling aparece na primeira linha de opções para o lugar de Welbeck.

Raheem Sterling aparece na primeira linha de opções para o lugar de Welbeck.

Para combater esta solidez defensiva dos italianos, o técnico inglês estaria a pensar utilizar Danny Welbeck numa zona central do terreno um pouco recuada do ponta de lança que seria Daniel Sturridge. Isto dá então a possibilidade à Inglaterra de jogar alto e longo para Sturridge que, sozinho no ataque, terá apenas que libertar a bola para um espaço vazio onde Welbeck, com a sua velocidade, se fará aparecer.

Toda esta é uma boa ideia, tendo até mesmo o potencial necessário para conseguir cumprir o objectivo da Inglaterra de vencer à Itália, arrancando assim neste Campeonato do Mundo com uma boa vantagem sobre estes que serão os seus principais oponentes nesta fase de grupos. A única coisa que Hogdson não previu no seu plano foi uma lesão de algum dos seus elementos chave para a táctica, o que aconteceu precisamente com Danny Welbeck que não se treinou na última quinta-feira.

Apesar de vários elementos da comitiva inglesa terem já vindo garantir a presença de Welbeck no jogo de estreia de Inglaterra neste Mundial, esta é uma opção ainda em dúvida para Hogdson que certamente apenas quererá utilizar o jogador quando forem reunidas as condições para tal. Desta forma equaciona-se já uma entrada directa do jovem Raheem Sterling no onze titular inglês, que assim seria composto por um 4x2x3x1, com 4 defesas, 2 médios recuados, 3 médios ofensivos (onde são opções quase certas as de Wayne Rooney e Adam Lallana) e ainda um avançado que, ao que tudo indica será Daniel Sturridge.

A comitiva inglesa mostra-se então a postos para o embate diante da Itália. Com ou sem Welbeck, Roy Hogdson mostrou-se já apenas interessado em jogar para o triunfos e tentar fazer os adeptos esquecer as desilusões que têm tido nas últimas competições internacionais.

They will also be barred from receiving child-care assistance and from getting in-state-student https://writemypaper4me.org/ status

Outros Artigos Recomendados

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *